A-A-S 150

Para que serve A-A-S 150

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


Folheto informativo: Informação para o utilizador

AAS 150 , 150 mg + 30 mg comprimidos

Acido Acetilsalicílico + Ácido AscórbicoEste folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamenteEste medicamento pode ser adquirido sem receita médica. No entanto, énecessário tomar AAS 150 com precaução para obter os devidos resultados.- Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.- Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.- Em caso de agravamento ou não melhoria do estado de saúde, consulte o seumédico.- Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico oufarmacêutico.Neste folheto:1. O que é AAS 150 e para que é utilizado2. Antes de tomar AAS 1503. Como tomar AAS 1504. Efeitos secundários possíveis5. Como conservar AAS 1506. Outras informações1. O QUE É AAS 150 E PARA QUE É

UTILIZADO

Classificação farmacoterapêutica: 2.10 – Sistema nervoso central. Analgésicos eantipiréticos.AAS 150 está indicado para o alívio das dores ligeiras e da febre. Assim a suautilização é recomendada nos seguintes casos: dores de cabeça, mal estar efebre que acompanham as constipações; dores de dentição e das que seseguem às avulsões; mal estar e febre que acompanham as imunizações.2. ANTES DE TOMAR AAS 150Não tome AAS 150

Crianças e adolescentes não deverão usar ácido acetlisalicílico para a varicelaou gripe devido ao potencial desenvolvimento de uma doença rara mas grave, osíndroma de Reye.

Não tomar AAS 150 se for alérgico ao ácido acetilsalicílico ou a outrossalicílatos, ou se tiver asma, problemas de estômago persistentes ourecorrentes, úlceras ou hemorragias gástricas, ou se estiver a tomar medicaçãopara a artrite, anticoagulantes, diabetes, gota, a não ser por expressa indicaçãodo médico.

Não usar AAS 150 durante a gravidez, ou se estiver a tentar engravidar, a nãoser por expressa indicação do médico.Tome especial cuidado com AAS 150- Não usar doses maiores que as recomendadas, nem durante mais de 3 dias.- Se sofre de úlcera gástrica ou duodenal ou tem tendência para hemorragias,consulte o médico antes de tomar AAS 150.- Crianças e adolescentes não deverão tomar AAS 150 sem consultar o médico.- Se a dor de garganta for aguda, persistir por mais de dois dias e foracompanhada por febre, dor de cabeça, náusea ou vómitos consulterapidamente o seu médico.

- Se os sintomas persistirem ou novos sintomas ocorrerem, consulte o seumédico .Tomar AAS 150 com outros medicamentosInforme o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomadorecentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos semreceita médica.Tomar AAS 150 com alimentos e bebidasOs comprimidos têm um sabor agradável podendo ser dissolvidos na boca,mastigados ou engolidos com água, sumo ou leite.Gravidez e aleitamentoConsulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.Não use AAS 150 durante a gravidez, ou se estiver a tentar engravidar, a nãoser por expressa indicação do médico.

Como em qualquer outro medicamento, se está a amamentar, só tome estemedicamento após o conselho de um profissional de saúde.

Informações importantes sobre alguns componentes de AAS 150O AAS 150 contém o corante amarelo sunset que pode causar reacçõesalérgicas.3. COMO TOMAR AAS 150Tomar AAS 150 sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com oseu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. A dose habitual é:Adultos e adolescentes com mais de 15 anos: Tomar 4 comprimidos de 4 em 4horas, enquanto a dor persistir.Não tomar mais de 20 comprimidos em 24 horas.Crianças e adolescentes com idade inferior a 15 anos: Consultar o médico antesde tomar AAS 150.Os comprimidos têm um sabor agradável podendo ser dissolvidos na boca,mastigados ou engolidos com água, sumo ou leite.Se tomar mais AAS 150 do que deveriaEm caso de sobredosagem acidental, procure assistência profissional oucontacte o Centro de Informação Antivenenos (Tel: 800 250 143) imediatamente.Como procedimento de emergência recomenda-se em casos de intoxicaçõesmoderadas a ingestão de líquidos e em casos de intoxicações agudas alavagem gástrica.Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seumédico ou farmacêutico.4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍ

VEIS

Como os demais medicamentos, AAS 150 pode causar efeitos secundários, noentanto estes não se manifestam em todas as pessoas.Em casos de sobredosagem AAS 150 pode causar diminuição da capacidadeauditiva, zumbidos dores de cabeça e tontura. Se uma reacção rara dehipersensibilidade ocorrer, o uso deste medicamento deve ser descontinuado.Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico oufarmacêutico.

5. COMO CONSERVAR AAS 150Manter fora do alcance e da vista das criançasNão utilize AAS 150 após o prazo de validade impresso na embalagem.Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixodoméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos deque já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.6. OUTRAS INFORMAÇÕ

ES

Qual a composição de AAS 150- As substâncias activas são o ácido acetilsalicílico (150 mg) e a vitamina C (30mg).- Os outros componentes são: amido, celulose microcristalina, manitol (E421),ácido esteárico, sacarina sódica, aroma de laranja artificial, corante amarelosunset (E110) e água purificada.Qual o aspecto de AAS 150 e conteúdo da embalagemCaixas de 20 comprimidos e 40 comprimidos.É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.PODE SER VENDIDO SEM RECEITA MÉ

DICA

Titular da Autorização de Introdução no MercadoGlaxoSmithKLine Consumer HealthcareProdutos para a Saúde e Higiene, Lda.R. Dr. António Loureiro Borges n.º3Aquiparque Miraflores1495 -131 AlgésEste folheto foi aprovado pela última vez em



DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Febre: Elevação da temperatura corporal acima de um valor normal, estabelecido entre 36,7ºC e 37ºC, quando medida na boca.
  2. Hemorragia: Perda de sangue para um órgão interno (tubo digestivo, cavidade abdominal) ou para o exterior (ferimento arterial). De acordo com o volume e velocidade com a qual se produz o sangramento uma hemorragia pode produzir diferentes manifestações nas pessoas, desde taquicardia, sudorese, palidez cutânea, até o choque.
  3. Varicela: Doença viral freqüente na infância e caracterizada pela presença de febre e comprometimento do estado geral juntamente com a aparição característica de lesões que têm vários estágios. Primeiro são pequenas manchas avermelhadas, a seguir formam-se pequenas bolhas que finalmente rompem-se deixando uma crosta. ?? contagiosa, mas normalmente não traz maiores conseqüências à criança. As bolhas e suas crostas, se não sofrerem infecção secundária, não deixam cicatriz.

Síguenos

X