Acarbose Dertuilo

Para que serve Acarbose Dertuilo

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


FOLHETO INFORMATIVO

INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Acarbose Dertuilo 50 mg comprimidosAcarbose Dertuilo 100 mg comprimidosAcarboseLeia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.Neste Folheto:1. O que é Acarbose Dertuilo e para que é utilizado2. Antes de tomar Acarbose Dertuilo3. Como tomar Acarbose Dertuilo4. Efeitos secundários possíveis5. Como conservar Acarbose Dertuilo6. Outras informações1. O QUE É ACARBOSE DERTUILO E PARA QUE É

UTILIZADO

A acarbose pertence a um grupo de substâncias designadas de “Inibidores da alfa-glucosidase” e é usada no tratamento da diabetes Tipo II (diabetes que não requertratamento com injecções de insulina). Pode ser utilizada em monoterapia ou emcombinação com sulfonilureias e/ou metformina.Se tiver diabetes Tipo II, os níveis de açúcar (glucose) no sangue são muito elevados.Este medicamento actua através do retardamento da digestão e absorção dos açúcares dasua dieta. Isto impede que os níveis dos açúcares no sangue sejam muito elevados.Durante o tratamento, deverá certificar-se de que segue a dieta que o médico lherecomendou.2.

ANTES DE TOMAR ACARBOSE DERTUILO

Não tome Acarbose Dertuilo:Se tem alergia (hipersensibilidade) à acarbose (substância activa do seu medicamento) oua qualquer outro componente de Acarbose DertuiloSe tiver doença inflamatória intestinalSe tiver úlceras no cólon – por ex. Doença de Crohn ou Colite Ulcerativa. Se tiverdúvidas, pergunte ao seu médico.

Se sofrer ou já tiver sofrido de obstrução nos seus intestinos

Se sofrer de perturbações digestivas causadas por problemas prolongados nos seusintestinos. Se tiver dúvidas, pergunte ao seu médico.Se tiver alguma doença que possa agravar-se com a formação de gases no seu intestino.Por exemplo, se tiver uma hérnia de grandes dimensões. Se tiver dúvidas, pergunte ao seumédico.Se tiver problemas no fígadoSe tiver problemas graves nos rins.Tome especial cuidado com Acarbose DertuiloSe tomar outros agentes anti-diabéticos simultaneamente com acarbose, tais comosulfonilureias ou insulina, poderá experienciar baixos níveis de açúcar no sangue.Informe o seu médico se já estiver a tomar medicamentos para o tratamento da diabetes.Baixos níveis de açúcar no sangue podem provocar alguns dos seguintes sintomas:Visão duplaConfusãoDiscurso desarticuladoDesmaioTremorPalpitações (sensação de alteração no seu ritmo cardíaco).O baixo nível de açúcar no sangue constitui uma condição potencialmente grave. Sesentir algum dos sintomas acima mencionados, tome glucose para normalizar os níveis deaçúcar no sangue. Poderá adquirir tabletes, xarope ou doces de glucose na sua farmácialocal. É aconselhável que tenha sempre consigo glucose para o caso de vir a precisar dela.Outros açúcares como a sacarose (açúcar de mesa) não irão funcionar dado que AcarboseDertuilo previne-os de serem absorvidos.

Se sentir algum dos sintomas acima mencionados, deverá marcar uma consulta com o seumédico para que este reveja a sua medicação.O seu médico poderá pedir análises ao sangue para monitorizar o seu fígado durante otratamento com Acarbose Dertuilo, particularmente durante os primeiros 6 a 12 meses detratamento.Este medicamento contém lactose. Se foi informado pelo seu médico que temintolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.Ao tomar Acarbose Dertuilo com outros medicamentosInforme o seu médico se estiver a tomar algum dos seguintes medicamentos:Carvão (utilizado no tratamento de envenenamento ou de sobredosagem demedicamentos)Preparações com enzimas digestivas (por ex. pancreatina e amílase)Neomicina (antibiótico utilizado antes da operação cirúrgica ao intestino)

Colestiramina (utilizada para tratar comichão resultante de problemas do fígado,colesterol elevado ou diarreia)Digoxina (utilizada no tratamento da falência cardíaca ou problemas no ritmo cardíaco)Tiazidas ou bloqueadores dos canais de cálcio (utilizados no tratamento da pressãoarterial elevada)Corticosteróides (utilizados no tratamento da inflamação)Fenitoína (utilizada no tratamento de crises epilépticas)Fenotiazina (utilizada no tratamento da saúde mental)Substâncias tiroideiasHormonas sexuais femininas (estrogénios), contraceptivos oraisÁcido nicotínico (utilizado para baixar os níveis de colesterol no sangue)Substâncias designadas de “simpaticomiméticas” tais como a epinefrina ou norepinefrina:estas podem ser usadas no tratamento da paragem cardíaca, queda acentuada da pressãoarterial ou no trabalho de parto prematuroIsoniazida (utilizada no tratamento da tuberculose)Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.Ao tomar Acarbose Dertuilo com alimentos e bebidasOs comprimidos de Acarbose Dertuilo devem ser engolidos imediatamente antes darefeição ou mastigados juntamente com a primeira ingestão de alimentos da refeição. Oscomprimidos não devem ser tomados nos intervalos das refeições.A sacarose (cana de açúcar) e os alimentos contendo sacarose podem causar desconfortoabdominal ou mesmo diarreia devido à fermentação dos hidratos de carbono no intestinodurante o tratamento com Acarbose Dertuilo.Gravidez e aleitamentoNão se recomenda a utilização de Acarbose Dertuilo durante a gravidez ou amamentaçãouma vez que não se conhecem os efeitos para o bebé. Se estiver a planear engravidar ouse estiver grávida ou a amamentar, deve falar com o seu médico antes de tomar AcarboseDertuilo.Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.Condução de veículos e utilização de máquinasAcarbose Dertuilo não afecta a sua capacidade de conduzir ou utilizar máquinas, seutilizado isoladamente. No entanto, poderá experienciar baixos níveis de açúcar nosangue se tomar simultaneamente outros anti-diabéticos orais, tais como sulfonilureias oumetformina. Tal poderá afectar a sua capacidade de conduzir ou utilizar máquinas.3.

COMO TOMAR ACARBOSE DERTUILO

Tomar Acarbose Dertuilo sempre de acordo com as indicações do seu médico. Fale como seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.Adultos e idososA dose habitual é 50 mg três vezes por dia. No entanto, o seu médico poderá recomendar-
lhe que inicie com a dose mais baixa (por ex. 50 mg uma ou duas vezes por dia) eaumentar a sua dose gradualmente para reduzir a risco de ocorrência de efeitossecundários.Se necessitar de uma dose mais elevada, o seu médico poderá decidir aumentar a dosepara 100 mg três vezes por dia. Ocasionalmente poderá ser necessário aumentar a dosepara 200 mg três vezes por dia.Os comprimidos de Acarbose Dertuilo devem ser engolidos inteiros, imediatamente antesdas refeições ou mastigados com a primeira ingestão de alimentos da refeição.Crianças e adolescentes com idade inferior a 18 anosNão se recomenda a utilização de Acarbose Dertuilo.Se tomar mais Acarbose Dertuilo do que deveriaSe você (ou alguém) engolir muitos comprimidos de uma vez, ou se pensa que umacriança tenha engolido algum dos comprimidos, contacte a unidade hospitalar maispróxima ou o seu médico imediatamente. Não deverá, igualmente, consumir alimentos oubebidas contendo hidratos de carbono. Uma sobredosagem poderá provocar inchaço doabdómen (resultante da acumulação de uma quantidade excessiva de gases), flatulência(gases) e diarreia. Leve este folheto, os restantes comprimidos e a embalagem consigopara o hospital ou ao seu médico para que saibam que comprimidos foram consumidos.Caso se tenha esquecido de tomar Acarbose DertuiloSe se esquecer de tomar uma dose, não tome a dose esquecida no intervalo das refeições.Espere até à próxima dose e refeição e continue a tomar os comprimidos comohabitualmente. Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceude tomar.Se parar de tomar Acarbose DertuiloÉ importante continuar a tomar Acarbose Dertuilo de acordo com as indicações do seumédico de forma a assegurar que os níveis dos açúcares no sangue não subamexageradamente. Não pare de tomar Acarbose Dertuilo sem falar primeiro com o seumédico.Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍ

VEIS

Como todos os medicamentos, Acarbose Dertuilo pode causar efeitos secundários, noentanto estes não se manifestam em todas as pessoas.Alguns efeitos secundários são graves. As frequências dos efeitos secundários seguintessão desconhecidas. No entanto, se sofrer de alguma destas reacções, deverá urgentementeprocurar cuidados médicos:Ocorrência de hemorragias ou de hematomas com maior frequência do que o normal(resultantes da redução das plaquetas sanguíneas)Reacção alérgica (rash, vermelhidão da pele, erupções na pele, erupção na pele irritativa)Obstrução parcial ou completa do intestino, conduzindo a dor e vómitosInflamação do fígado (poderá causar desconforto abdominal, icterícia, perda de apetite)Foram também reportados os seguintes efeitos secundários:Muito frequentes (afectam mais do que um doente em 10):Flatulência (gases)Frequentes (afectam de 1 a 10 doentes em 100):DiarreiaDor no estômago ou abdómenPouco frequentes (afectam de 1 a 10 doentes em 1.000):NáuseasVómitosIndigestãoAumento das enzimas do fígado, que podem causar uma alteração nos resultados dasanálises ao sangue que registam o funcionamento do fígadoRaros (afectam de 1 a 10 doentes em 10.000):Retenção de líquidos, causando inchaço dos braços e pernas

Icterícia (amarelecimento da pele e da parte branca dos olhos)Outros efeitos secundários possíveis (a frequência não pode ser calculada a partir dosdados disponíveis):Bolsas de gases no intestinoDurante o tratamento, é importante cuidadosamente seguir a dieta que o seu médico lherecomendou. Se não seguir esta dieta, alguns dos efeitos secundários anteriormentedescritos, tais como flatulência (gases), diarreia e dor abdominal, poderão agravar-se.Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.5.

COMO CONSERVAR ACARBOSE DERTUILO

Manter fora do alcance e da vista das crianças.Não conservar acima de 25ºC. Conservar na embalagem de origem para proteger dahumidade.Não utilize Acarbose Dertuilo após o prazo de validade impresso na embalagem exterior.O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixodoméstico.Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já nãonecessita.Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.6. OUTRAS INFORMAÇÕ

ES

Qual a composição de Acarbose DertuiloA substância activa é a acarbose.Cada comprimido contém 50 mg de acarbose.Cada comprimido contém 100 de acarbose.Os outros componentes são: celulose microcristalina, amido de milho pré-gelificado,sílica coloidal anidra e estearato de magnésio.Qual o aspecto de Acarbose Dertuilo e conteúdo da embalagemAcarbose Dertuilo 50 mg comprimidos são redondos, biconvexos, brancosesbranquiçados, com gravação “ACA 50” num dos lados.Acarbose Dertuilo 100 mg são comprimidos redondos, biconvexos, brancos aesbranquiçados, com ranhura num dos lados e gravação “ACA 100” no outro lado.

A

ranhura serve apenas para facilitar a divisão do comprimido de forma a melhorar adeglutição e não para dividir o comprimido em partes iguais.Acarbose Dertuilo encontra-se disponível em embalagens de 20, 21, 30, 40, 50, 60, 90,100, 105, 120 e 270 comprimidos.Titular da Autorização de Introdução no Mercado e FabricanteTitular da Autorização de IntroduçãoTeva Pharma - Produtos Farmacêuticos, Lda.Edifício Tejo,

Rua Quinta do Pinheiro, nº 16 - 6º2790-143 CarnaxideFabricanteFAMAR ITALIA S.P.

A

Via Zambeletti, 25200021 Baranzate (MI)Itália

Este medicamento encontra-se autorizado nos Estados Membros do Espaço EconómicoEuropeu (EEE) sob as seguintes denominações:França

ACARBOSE TEVA 50 mg, comprimé

ACARBOSE TEVA 100 mg, comprimé Alemanha Acarbose Teva 50 mg Tabletten

Acarbose Teva 100 mg Tabletten Hungria Acarbose-Teva 50 mg tabletta Acarbose-Teva 100 mg tabletta Polónia AcarbaxPortugal Acarbose Dertuilo Reino Unido Acarbose 50mg tablets Acarbose 100mg tablets

Este folheto foi aprovado pela última vez em



DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Deglutição: Passagem dos alimentos desde a boca até o esôfago. ?? um mecanismo em parte voluntário e em parte automático (reflexo) que envolve a musculatura faríngea e o esfíncter esofágico superior.
  2. Icterícia: Pigmentação amarelada da pele e mucosas devido ao aumento da concentração de bilirrubina no sangue. Pode ser acompanhada de sintomas como colúria (ver), prurido, etc. Associa-se a doenças hepáticas e da vesícula biliar, ou à hemólise (ver).
  3. Hemorragia: Perda de sangue para um órgão interno (tubo digestivo, cavidade abdominal) ou para o exterior (ferimento arterial). De acordo com o volume e velocidade com a qual se produz o sangramento uma hemorragia pode produzir diferentes manifestações nas pessoas, desde taquicardia, sudorese, palidez cutânea, até o choque.
  4. Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
  5. Tala: Instrumento ortopédico utilizado freqüentemente para imobilizar uma articulação ou osso fraturado. Pode ser de gesso ou material plástico.
  6. Rash: Coloração avermelhada da pele como conseqüência de uma reação alérgica ou infecção.
  7. Uréia: Produto do metabolismo das proteínas. Indica de forma indireta a eficiência da função renal. Quando existe insuficiência renal, os valores de uréia elevam-se produzindo distúrbios variados (pericardite urêmica, encefalopatia urêmica, etc.).

Síguenos

X