Calmurid

Para que serve Calmurid

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


FOLHETO INFORMATIVO

INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Calmurid 100 mg/g + 50 mg/g Creme Ureia + Ácido láctico Este medicamento pode ser adquirido sem receita médica. No entanto, é necessário utilizar Calmurid com precaução para obter os devidos resultados. - Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler. - Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico. - Em caso de agravamento ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico. - Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

NESTE FOLHETO


1. O que é Calmurid e para que é utilizado 2. Antes de utilizar Calmurid

3. Como utilizar Calmurid 4. Efeitos secundários possíveis 5. Como conservar Calmurid 6. Outras informações

1. O QUE É Calmurid E PARA QUE É

UTILIZADO

Grupo farmacoterapêutico: 13.2.1 - Medicamentos usados em afecções cutâneas. Emolientes e protectores. Emolientes.

Calmurid é um medicamento utilizado em afecções cutâneas, como emoliente.

A

ureia sendo o constituinte em maior quantidade no Calmurid, possui propriedades altamente higroscópicas permitindo a fixação de grandes quantidades de água, necessária em determinadas circunstâncias patológicas e confere a Calmurid propriedades queratolíticas, acção antipruriginosa e bactericida sendo esta reforçada pela presença do ácido láctico.

Calmurid está indicado em situações caracterizadas ou acompanhadas por pele seca e/ou hiperqueratósica, ictiose, psoríase, dermatose ou eczemas. De acordo com a situação clínica pode ser utilizada como terapêutica adjuvante nalgumas destas situações.

2. ANTES DE UTILIZAR Calmurid

NÃO UTILIZE CALMURID


- Se tem alergia (hipersensibilidade) às substâncias activas ou a qualquer outro componente de Calmurid;

TOME ESPECIAL CUIDADO COM CALMURID


- Se as lesões estiverem húmidas, deverá promover-se a secagem da área afectada antes da aplicação;

Utilizar Calmurid com outros medicamentos Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Contudo, não se conhecem interacções de Calmurid

UTILIZAR CALMURID COM ALIMENTOS E BEBIDAS


Calmurid não interfere com alimentos e bebidas.

Gravidez e aleitamento Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento. Não se prevê qualquer efeito inconveniente na utilização de Calmurid por qualquer dos grupos referidos.
Condução de veículos e utilização de máquinas
Calmurid não afecta as actividades normais do doente.

3. COMO Utilizar Calmurid

Uso cutâneo. - O creme deve ser aplicado após lavagem ou após o banho;

Utilizar Calmurid sempre de acordo com as instruções do médico ou farmacêutico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Aplicar o creme 2 a 3 vezes ao dia nas áreas afectadas, após lavagem ou após o banho. Se as lesões estiverem húmidas, deverá promover-se a secagem da área afectada antes da aplicação.

Duração do tratamento médio Até obtenção do efeito pretendido.

Se aplicar mais Calmurid do que deveria Em princípio não ocorre sobredosagem, mas na presença de qualquer reacção anormal, deve suspender o tratamento e consultar o médico.

Caso se tenha esquecido de aplicar Calmurid Não aplique uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de aplicar. Retome a posologia habitual.

Se parar de utilizar Calmurid Não se aplica. Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

4. Efeitos Secundários possíveis

Como todos os medicamentos, Calmurid pode ter efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas Foi observado ardor transitório em contacto com zonas lesadas, que desaparece rapidamente. Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. Como Conservar Calmurid

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Embalagem fechada: Conservar a temperatura inferior a 25°C. Após a primeira abertura da embalagem: 30 dias a temperatura inferior a 25°C. Conservar em local seco e fresco.

Não utilize Calmurid após o prazo de validade indicado na bisnaga e na embalagem exterior após “Val”. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕ

ES

Qual a composição de Calmurid As substâncias activas são a ureia e o ácido láctico. Cada grama de Calmurid creme contém 100 mg de Ureia e 50 mg de Ácido láctico.

Os outros componentes são:

Monoestearato de glicerilo,

Betaína mono-hidratada,

Dietanolamina, cetilfosfato,

Massa estearínica,

Cloreto de sódio,

Colesterol,

Água purificada.

Qual o aspecto de Calmurid e conteúdo da embalagem Calmurid apresenta-se na forma farmacêutica de creme, acondicionado em bisnagas de LLDPE/MDPE. Embalagem com 1 bisnaga contendo 30 g ou 100 g de creme. É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante Jaba Farmacêutica, S.A. Rua da Tapada Grande, n.º 2, Abrunheira 2710-089 Sintra,

Portugal

Medicamento não sujeito a receita médica.

Este folheto foi aprovado pela última vez em



DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Dermatose: Doença que afeta a pele e seus anexos (pêlos, cabelos e unhas).
  2. Eczema: Doença da pele caracterizada pelo surgimento de lesões generalizadas sob forma de placas, manchas ou bolhas, devido a uma reação por contato local ou por ação de uma agressão sistêmica.
  3. Uréia: Produto do metabolismo das proteínas. Indica de forma indireta a eficiência da função renal. Quando existe insuficiência renal, os valores de uréia elevam-se produzindo distúrbios variados (pericardite urêmica, encefalopatia urêmica, etc.).

Síguenos

X