Dancor

Para que serve Dancor

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


Folheto informativo: Informação para o utilizador

Dancor 10 mg comprimidos
Dancor 20 mg comprimidos
Nicorandilo

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento, pois
contém informação importante para si.
- Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
- Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
- Este medicamento foi receitado apenas para si. Não deve dá-lo a outros. O
medicamento pode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sinais de
doença.
- Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Ver secção 4.


O que contém este folheto:
1. O que é Dancor e para que é utilizado
2. O que precisa de saber antes de tomar Dancor
3. Como tomar Dancor
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Dancor
6. Conteúdo da embalagem e outras informações


O que é Dancor e para que é utilizado

Dancor contém um medicamento chamado nicorandilo. Este pertence a um grupo de
medicamentos chamados “ativadores dos canais do potássio”. Atua aumentando o fluxo
de sangue através dos vasos sanguíneos do coração. Melhora o fornecimento de sangue
e de oxigénio ao músculo do seu coração e diminui o volume de trabalho a que é
submetido.

Dancor é utilizado para impedir ou atenuar os sintomas de dor e esforço (angina de
peito) da sua doença de coração. É utilizado em doentes adultos que não toleram ou não
podem tomar medicamentos para o coração chamados bloqueadores beta e/ou
antagonistas do cálcio.

O que precisa de saber antes de tomar Dancor

Não tome Dancor
- se tem alergia ao nicorandilo ou a qualquer outro componente deste medicamento
(indicados na secção 6).
- se tem tensão arterial baixa (hipotensão). - se tem problemas do coração tais como, choque cardiogénico ou insuficiência
ventricular esquerda com baixa pressão de enchimento ou descompensação cardíaca ou
choque.
- se está a tomar medicamentos para tratar a disfunção erétil tais como, sildenafil,
tadalafil, vardenafil (inibidores da fosfodiesterase) ou medicamentos para tratar a
hipertensão pulmonar tais como o riociguat (estimuladores da guanilato ciclase). Estes
podem afetar gravemente a sua tensão arterial.
- se tem um volume baixo de sangue.
- se tem uma acumulação de líquido nos pulmões (edema pulmonar).

Advertências e precauções

Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Dancor.

Pare imediatamente de tomar o nicorandilo e fale com o seu médico se tiver qualquer
um dos seguintes:
- O nicorandilo pode causar lesões no seu trato gastrointestinal como, por exemplo,
úlceras. Estas podem desenvolver problemas como hemorragias, fístulas, orifícios,
abcessos, especialmente se tiver doença diverticular (uma doença digestiva que afeta o
intestino grosso).
- Se os seus olhos ficarem vermelhos, com comichão ou inchados. Pode ter lesões nos
olhos; pare de tomar Dancor e contacte imediatamente o seu médico.

Estes efeitos secundários podem ocorrer no início do tratamento ou mais tarde no
decorrer do tratamento. O único tratamento possível é parar o nicorandilo. Não tome
aspirina ou quaisquer medicamentos para a inflamação (corticosteroides).

Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Dancor:
- Se tem uma tensão arterial baixa.
- Se tem um nível baixo de potássio no sangue e o seu médico lhe receitou suplementos
de potássio, ou se tem uma perturbação renal ou está a tomar outros medicamentos que
possam aumentar os níveis de potássio.
- Se tem problemas de coração tal como uma insuficiência cardíaca.
- Se tem uma deficiência de glucose-6-fosfato desidrogenase.

Crianças
Dancor não é recomendado em crianças.

Outros medicamentos e Dancor

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, tiver tomado recentemente ou
se vier a tomar outros medicamentos. Isto porque Dancor pode afetar a maneira como
outros medicamentos atuam. Alguns medicamentos também podem afetar o modo
como Dancor atua.
Não tome este medicamento e fale com o seu médico se estiver a tomar os seguintes:
- Medicamentos para a impotência como o sildenafil, tadalafil ou vardenafil.
- Medicamentos para tratar a hipertensão pulmonar como o riociguat.

Informe o seu médico se estiver a tomar qualquer um dos seguintes:
- Medicamentos para tratar a tensão arterial elevada.
- Medicamentos que dilatam os vasos sanguíneos.
- Medicamentos que aumentem os níveis de potássio no sangue.
- Dapoxetina, um medicamento utilizado para tratar a ejaculação prematura.
- Medicamentos para a inflamação (corticosteroides, anti-inflamatórios não esteroides
como o ibuprofeno).
- Medicamentos para tratar a depressão.
- Aspirina (ácido acetilsalicílico).

Dancor com álcool
O nicorandilo pode diminuir a sua tensão arterial. Se consumir bebidas alcoólicas
enquanto estiver a ser tratado com Dancor, a sua tensão arterial pode diminuir ainda
mais.

Gravidez, amamentação e fertilidade
Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte
o seu médico ou farmacêutico antes de lhe ser administrado este medicamento.
Deve evitar tomar este medicamento enquanto estiver grávida.
Desconhece-se se o nicorandilo passa para o leite humano. Não deve amamentar
enquanto estiver a tomar este medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Dancor pode causar tonturas ou fraqueza. Se isto lhe acontecer, não conduza nem
utilize ferramentas ou máquinas.


Como tomar Dancor

Tome este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico. Fale com o seu
médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose recomendada é:
- A dose inicial habitual é de 10 mg duas vezes por dia.
- Se tiver uma tendência para dores de cabeça, o seu médico pode receitar-lhe uma dose
mais baixa de 5 mg duas vezes por dia, durante os primeiros dias (2 a 7 dias).
- O seu médico pode aumentar a dose até 20 mg duas vezes por dia, dependendo das
suas necessidades, resposta ao tratamento e tolerância.

De preferência, tome uma dose de manhã e uma dose à noite.
Engula o comprimido (via oral). Não retire ou separe o comprimido do blister até à altura de o tomar.

O comprimido de 10 mg pode ser dividido em doses iguais.
No comprimido de 20 mg, a ranhura destina-se apenas a ajudar a dividir o comprimido
no caso de ter dificuldade em engolir o comprimido inteiro.

Não engula o agente secante que é o comprimido maior que se encontra numa
extremidade de cada fita de blisters. É incluído na embalagem para proteger os
comprimidos de Dancor da humidade. No blister está indicado claramente qual é o
agente secante. Se tomar um destes comprimidos com agente secante acidentalmente,
estes não devem ser nocivos para si mas deve falar imediatamente com o seu médico.

Se tomar mais Dancor do que deveria
Se tomar mais comprimidos do que deveria, ou se uma criança engoliu qualquer dos
seus comprimidos, contacte um médico ou dirija-se aos serviços de urgência do hospital
mais próximo imediatamente. Leve a embalagem do medicamento consigo. Pode sentir
o efeito de diminuição da tensão arterial como tonturas, sensação de fraqueza. Também
pode sentir o seu coração a bater irregularmente e mais rapidamente.

Caso se tenha esquecido de tomar Dancor
No caso de se esquecer de tomar uma dose, tome-a assim que se lembrar, a menos que
seja quase a altura de tomar a dose seguinte. Não tome uma dose a dobrar para
compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico
ou farmacêutico.


Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários,
embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Fale imediatamente com o seu médico se tiver qualquer um dos seguintes:
O nicorandilo pode causar lesões no seu trato gastrointestinal como, por exemplo,
úlceras na boca, língua, estômago, intestinos (delgado e grosso) e ânus. Estas podem
causar problemas como hemorragia (sangue nas fezes ou vómito), fístula (passagem
anormal tipo tubo de uma cavidade do organismo para outra ou para a pele), orifícios,
abcessos, perda de peso. As úlceras podem ocorrer noutros locais como: pele, trato
genital e passagens nasais ou à volta de um estoma (em pessoas com uma abertura
artificial para remoção de resíduos como uma colostomia ou uma ileostomia).

Outros efeitos secundários incluem:
Muito frequentes (podem afetar mais de 1 em 10 pessoas) - Dores de cabeça. Estas ocorrem especialmente durante os primeiros dias de
tratamento. O seu médico pode aumentar progressivamente a dose para reduzir a
frequência das dores de cabeça.

Frequentes (pode afetar até 1 em 10 pessoas)
- Tonturas
- Batimentos do coração muito rápidos, irregulares ou fortes (palpitações)
- Vermelhidão da pele
- Sensação de enjoo (náuseas)
- Vómitos
- Sensação de fraqueza.

Pouco frequentes (pode afetar até 1 em 100 pessoas)
- Diminuição da tensão arterial.

Raros (pode afetar até 1 em 1.000 pessoas)
- Erupção na pele
- Comichão
- Músculos doridos não causado por exercício (mialgia).

Muito raros (pode afetar até 1 em 10 000 pessoas)
- Níveis elevados de potássio no sangue (hipercaliemia)
- Olhos vermelhos, com comichão, inchados ou lacrimejantes (conjuntivite)
- Lesões nos olhos
- Lesões na córnea
- Amarelecimento da pele e olhos, fezes de cor clara, urina de cor escura. Estes podem
ser sinais de problemas no fígado
- Inchaço da face, lábios, boca, língua ou garganta que pode causar dificuldade em
engolir ou respirar
- Dores de estômago.

Desconhecido (a frequência não pode ser calculada a partir dos dados disponíveis)
- Visão dupla (diplopia).

Comunicação de efeitos secundários
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá
comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED, I.P. através dos contactos
abaixo. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações
sobre a segurança deste medicamento.

INFARMED, I.P.
Direção de Gestão do Risco de Medicamentos
Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53
1749-004 Lisboa Tel: +351 21 798 71 40
Fax: + 351 21 798 73 97
Sítio da internet: http://extranet.infarmed.pt/page.seram.frontoffice.seramhomepage
E-mail: [email protected]


Como conservar Dancor

Não conservar acima de 25º C.
Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem
exterior, após EXP. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.
O prazo de validade após o blister aberto é de 60 dias.
Não utilize este medicamento se verificar algum sinal de deterioração.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte
ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas
ajudarão a proteger o ambiente.


Conteúdo da embalagem e outras informações Qual a composição de Dancor

A substância ativa é o nicorandilo.
Os outros componentes são amido de milho, croscarmelose sódica, ácido esteárico e
manitol.

Qual o aspeto de Dancor e conteúdo da embalagem
Dancor 10 mg apresenta-se na forma de comprimidos redondos, esbranquiçados, com
bordos arredondados, com ranhura nas duas faces e gravação "EM" numa das faces e
"73" na outra.
Dancor 20 mg apresenta-se na forma de comprimidos redondos, esbranquiçados, com
bordos facetados, ranhura decorativa numa das faces e gravação "EM 74" na outra.

Dancor 10 mg está disponível em embalagens de 20 e 60 unidades e Dancor a 20 mg
está disponível em embalagens de 60 unidades.

A embalagem é constituída por blisters contendo 10 comprimidos de nicorandilo
ligados por canais, com uma cápsula exsicadora de sílica gel localizada numa das
extremidades do blister. NÃO TOMAR ESTA CÁPSULA.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado Merck, S.A.
Edifício DUO Miraflores
Alameda Fernão Lopes, nº 12, 4º B
1495-190 Algés

Fabricante

Merck KGaA
Frankfurter Str. 250
64293 Darmstadt
Alemanha

Este medicamento encontra-se autorizado nos Estados Membros do Espaço Económico
Europeu (EEE) com os seguintes denominações:
Áustria: Dancor
França: Adancor


Este folheto foi revisto pela última vez em




DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Edema: Acúmulo anormal de líquido nos espaços intercelulares dos tecidos ou em diferentes cavidades corporais (peritôneo, pleura, articulações, etc.).
  2. Impotência: Termo freqüentemente utilizado para se referir à impotência sexual masculina, distúrbio caracterizado pela incapacidade de iniciar ou manter uma ereção peniana satisfatória para realizar o ato sexual.
  3. Hemorragia: Perda de sangue para um órgão interno (tubo digestivo, cavidade abdominal) ou para o exterior (ferimento arterial). De acordo com o volume e velocidade com a qual se produz o sangramento uma hemorragia pode produzir diferentes manifestações nas pessoas, desde taquicardia, sudorese, palidez cutânea, até o choque.
  4. Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.

Síguenos

X