Davicrome

Para que serve Davicrome

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


FOLHETO INFORMATIVO

INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Davicrome 20 mg/ml Colírio, soluçãoCromoglicato de sódioLeia atentamente este folheto antes de utilizar este medicamento.-Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.-Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.-Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; omedicamento pode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmossintomas.-Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico oufarmacêuticoNeste folheto:1. O que é Davicrome e para que é utilizado2. Antes de utilizar Davicrome3. Como utilizar Davicrome

4. Efeitos secundários possíveis5. Como conservar Davicrome6. Outras informações1. O QUE É Davicrome E PARA QUE É

UTILIZADO

Grupo farmacoterapêutico: 15.2.3 Medicamentos usados em afecções oculares.Anti-inflamatórios. Outros anti-inflamatórios, descongestionantes e antialérgicos.Davicrome está indicado, principalmente, na profilaxia das alergias ocularesenvolvendo reacções de hipersensibilidade tipo I (IgE – mediadas), tais comoconjuntivites da febre dos fenos, conjuntivite alérgica aguda e crónica (causadapor outros alergenos além dos pólens), e queratoconjuntivite vernal. O colírio,solução de cromoglicato de sódio tem pouco efeito nas reacções dehipersensibilidade do tipo II, III e IV. Contudo, está comprovada a sua utilidadena conjuntivite papilar gigante, a qual está associada ao uso de lentes decontacto ou de próteses oculares.2.

ANTES DE UTILIZAR DAVICROME

Não utilize Davicrome-Se tem alergia (hipersensibilidade) à substância activa ou a qualquer outrocomponente de Davicrome.Tome especial cuidado com Davicrome

Os portadores de lentes de contacto, devem retirar as lentes antes da aplicaçãode Davicrome.Evitar qualquer contacto do frasco com o olho.Utilizar Davicrome com outros medicamentosInforme o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomadorecentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos semreceita médica.Não estão descritas interacções com outros medicamentos.Gravidez e aleitamentoConsulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.Não há nada a referir nestes casos.Condução de veículos e utilização de máquinasNão estão descritas situações em que ocorra interferência com a capacidade decondução de veículos e utilização de máquinasInformações importantes sobre alguns componentes de DavicomeDavicrome contém cloreto de benzalconio, o qual pode causar irritação ocular.Evitar o contacto com lentes de contacto moles.Remover as lentes de contacto antes da aplicação e esperar pelo menos 15minutos antes de as recolocar.Passível de descolorar lentes de contacto moles.Davicrome contém tiomersal, o qual pode causar reacções alérgicas.3. COMO UTILIZAR DavicromeUso oftálmico.Utilizar Davicrome sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com oseu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.Seguir escrupulosamente a indicação médica. Como média, recomenda-se ainstilação de uma (1) a duas (2) gotas em cada olho, quatro (4) vezes ao dia.Se utilizar mais Davicrome do que deveriaDesconhecem-se reacções de sobredosagem.Caso se tenha esquecido de utilizar DavicromeNão utilize uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu deutilizar. Retomar o esquema prescrito pelo médico logo que possível.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seumédico ou farmacêutico.4. EFEITOS SECUNDÁ

RIOS POSSIVEIS

Como todos os medicamentos, Davicrome pode causar efeitos secundários, noentanto estes não se manifestam em todas as pessoas.Pode ocorrer sensação de queimadura quando da instilação da soluçãooftálmica. No entanto, esta sensação é transitória.Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico oufarmacêutico.5. COMO CONSERVAR DavicromeManter fora do alcance e da vista das crianças.Não utilizar para além de 28 dias após a abertura do frasco conta gotas.Conservar a temperatura inferior a 25ºC.Conservar na embalagem de origem. Conservar ao abrigo da luz.Não utilize Davicrome após o prazo de validade impresso no rótulo do frascoconta-gotas e na embalagem exterior a seguir a “VAL”. O prazo de validadecorresponde ao último dia do mês indicado.Após interrupção do tratamento, não deverá guardar o colírio, solução paraposterior utilização.Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixodoméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos deque já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.6. OUTRAS INFORMAÇÕ

ES

Qual a composição de Davicrome-A substância activa é: cromoglicato de sódio. Cada mililitro de colírio, solução,contém 20 mg de cromoglicato de sódio.-Os outros componentes são: cloreto de benzalcónio, cloreto de sódio, fosfatodissódico di-hidratado, fosfato monossódico mono-hidratado, tiomersal, ácido

clorídrico 1 M (q.b.p. pH 6 - 7), hidróxido de sódio a 10 % (q.b.p. pH 6 - 7) e águapara preparações injectáveis.Qual o aspecto de Davicrome e conteúdo da embalagemDavicrome apresenta-se na forma farmacêutica de colírio, solução,acondicionado em frasco conta-gotas de LDPE com tampa de HDPE.Embalagem com um frasco conta-gotas com 10 ml de colírio, solução.Titular da Autorização de Introdução no Mercado

DAVI II - Farmacêutica, S.A.Estrada Consiglieri Pedroso, nº 71, Edificio D, 3º andar2730-055 Queluz de Baixo - Barcarena PortugalFabricanteLabesfal - Laboratórios Almiro, S.A.

Rua S. João de Deus, nº 19, s/c - Venda Nova2700-487 AmadoraPortugalEste folheto foi aprovado pela última vez em



DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Febre: Elevação da temperatura corporal acima de um valor normal, estabelecido entre 36,7ºC e 37ºC, quando medida na boca.

Síguenos

X