Dorzolamida Teva

Para que serve folheto informativo, informação para o utilizador

Folheto / Bula do Medicamento


Recomendações

  • Sempre verifique que não é alérgica a nenhum dos componentes
  • Lembre-se, sempre verifique com seu médico, a informação que nós oferecemos é indicativa e não de forma alguma substituir a de seu médico ou outro profissional de saúde.




FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR
Dorzolamida Teva 2% colírio, solução
Dorzolamida
Leia atentamente este folheto antes de utilizar este medicamento.
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.
Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento pode
ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários
não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.
Neste folheto:
1. O que é Dorzolamida Teva e para que é utilizado
2. Antes de utilizar Dorzolamida Teva
3. Como utilizar Dorzolamida Teva
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Dorzolamida Teva
6. Outras informações

1. O QUE É DORZOLAMIDA TEVA E PARA QUE É UTILIZADO
A dorzolamida pertence ao grupo terapêutico dos medicamentos designados por
"inibidores da anidrase carbónica".
Este medicamento é receitado para baixar a pressão elevada no(s) olho(s) e para tratar o
glaucoma. Este medicamento pode ser usado isoladamente ou em associação com outros
medicamentos utilizados para baixar a pressão nos olhos (denominados bloqueadores
beta).

2. ANTES DE UTILIZAR DORZOLAMIDA TEVA 2% COLÍRIO, SOLUÇÃO
Não utilize Dorzolamida Teva
Se tem alergia (hipersensibilidade) ao cloridrato de dorzolamida ou a qualquer outro
componente de Dorzolamida Teva.
Se tem insuficiência ou problemas graves de rins, ou antecedentes de pedra nos rins.
Tome especial cuidado com Dorzolamida Teva
Fale com o seu médico sobre quaisquer problemas de saúde que tenha, ou já tenha tido,
incluindo problemas nos olhos e cirurgias aos olhos, e sobre as suas alergias a
medicamentos.



Se começar a ter olhos irritados ou outros problemas recentes, tais como olhos vermelhos
ou inchaço das pálpebras, contacte o seu médico imediatamente.
Se suspeitar que este medicamento lhe está a causar uma reacção alérgica (por exemplo,
erupções na pele ou comichão), interrompa a sua utilização e fale com o seu médico de
imediato.
Se usa lentes de contato, consulte o seu médico antes de utilizar o medicamento.
Utilização em crianças
A dorzolamida foi estudada em recém-nascidos e em crianças com menos de seis anos de
idade, com pressão elevada no(s) olho(s) ou aos quais tenha sido diagnosticado
glaucoma. Fale com o seu médico para mais informações.
Utilização em idosos
Nos estudos efectuados com dorzalamida, os efeitos da dorzalamida foram semelhantes
tanto nos doentes idosos como nos doentes mais jovens.
Utilização em doentes com insuficiência hepática
Informe o seu médico sobre quaisquer problemas de fígado que tem ou tenha tido no
passado.
Ao utilizar Dorzolamida Teva com outros medicamentos
Informe o seu médico sobre todos os medicamentos (incluindo gotas para os olhos) que
está a tomar ou planeia tomar, incluindo os medicamentos que compra sem receita
médica, principalmente outros inibidores da anidrase carbónica como a acetazolamida.
Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Utilização na gravidez
Não deve utilizar este medicamento durante a gravidez. Diga ao seu médico se está
grávida ou se planeia engravidar.
Utilização no aleitamento
Se o tratamento com este medicamento for necessário, o aleitamento não é recomendado.
Não deve utlizar este medicamento durante o aleitamento.
Condução de veículos e utilização de máquinas
Não foram realizados estudos sobre os efeitos na capacidade de conduzir ou utilizar
máquinas. Existem efeitos secundários associados a este medicamento, como tonturas e
visão turva, que podem afectar a capacidade para conduzir e utilizar máquinas. Não
conduza nem utilize máquinas até se sentir bem ou sentir que a visão voltou ao normal.
Informações importantes sobre alguns componentes de Dorzolamida Teva



Este medicamento contém o cloreto de benzalcónio como conservante que pode causar
irritação ocular. Este conservante pode depositar-se em lentes de contacto moles, sendo
passível de descolorar lentes de contacto moles. Evite o contacto com lentes de contacto
moles.
Se usa lentes de contacto, consulte o seu médico antes de utilizar este medicamento. É
importante que remova as lentes de contacto antes da aplicação do colírio e que espere,
pelo menos, 15 minutos antes de as recolocar. O seu médico poderá explicar-lhe esta
situação.

3. COMO UTILIZAR DORZOLAMIDA TEVA
Utilize este medicamento sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seu
médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.
O seu médico estabelecerá a dose apropriada e a duração do tratamento.
Quando este medicamento é usado isoladamente, a dose é de uma gota no(s) olho(s)
afectado(s), de manhã, à tarde e à noite.
Se o seu médico lhe recomendou que utilize este medicamento com um medicamento
bloqueador-beta, sob a forma de gotas, também para baixar a pressão do olho, então a
dose deverá ser de uma gota de Dorzolamida Teva no(s) olho(s) afectado(s), de manhã e
à noite.
Se está a usar este medicamento com outras gotas para os olhos, as gotas devem ser
aplicadas com um intervalo de pelo menos 10 minutos entre si.
Não altere a dose do seu medicamento sem consultar o seu médico.
Não deixe que o conta-gotas do frasco toque no olho ou na zona em redor do olho. Este
pode ficar contaminado com bactérias que podem provocar infecções oculares graves,
causando lesões nos olhos, até mesmo perda de visão. Para evitar uma possível
contaminação do recipiente, mantenha o conta-gotas do recipiente afastado de qualquer
contacto com qualquer superfície.
Instruções de utilização
É recomendado que lave as mãos antes de aplicar o colírio.
1. Antes de utilizar o medicamento pela primeira vez, certifique-se de que a tira de
segurança do frasco não está quebrada.
2. Desenrosque a tampa para abrir o frasco,
3. Incline a cabeça para trás e puxe a pálpebra inferior ligeiramente para baixo, de modo a
formar uma pequena bolsa entre a pálpebra e o olho.



4. Inverta o frasco e pressione levemente até que uma gota seja aplicada no olho, tal
como recomendado pelo seu médico. NÃO TOQUE NO OLHO OU NA PÁLPEBRA
COM O CONTA-GOTAS.
5. Repita os passos 3 e 4 para o outro olho, caso o seu médico o tenha recomendado.
6. Coloque de novo a tampa rodando-a até que esta toque firmemente no frasco.
7. A ponta conta-gotas para administração foi concebida de modo a libertar uma única
gota; portanto, NÃO alargue o orifício da ponta conta-gotas.
Se utilizar mais Dorzolamida Teva do que deveria
Se aplicar demasiadas gotas nos seus olhos ou se engolir o líquido que está no frasco,
consulte o seu médico imediatamente.
Caso se tenha esquecido de utilizar Dorzolamida Teva
É importante que aplique este medicamento conforme receitado pelo seu médico. Se se
esquecer de uma dose, aplique-a logo que se lembrar. No entanto, se estiver quase na
hora de aplicar a próxima dose, esqueça a dose em atraso e volte a aplicar as gotas dentro
do horário previsto. Não utilize uma dose a dobrar para compensar a dose esquecida.
Se parar de utilizar Dorzolamida Teva
Se pretender parar de utilizar este medicamento, fale primeiro com o seu médico.
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico
ou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS
Como todos os medicamentos, Dorzolamida Teva pode causar efeitos secundários, no
entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.
Se desenvolver reacções alérgicas incluindo urticária, inchaço da face, lábios, língua e/ou
garganta, que podem causar dificuldade em respirar ou a engolir, deve parar de utilizar
este medicamento e procurar imediatamente aconselhamento médico.
Os seguintes efeitos secundários foram comunicados com Dorzolamida Teva, durante os
ensaios clínicos ou na experiência pós-comercialização:
Muito frequentes (mais de 1 utilizador em cada 10)
Ardor e sensação de picadas nos olhos
Frequentes (1 a 10 utilizadores em cada 100)
Doença da córnea caracterizada por olhos inflamados e visão desfocada (queratite
pontuada superficial), secreções e comichão nos olhos (conjuntivite), irritação/inflamação
das pálpebras, visão turva
Dor de cabeça
Náuseas, sabor amargo na boca



Fadiga
Pouco frequentes (1 a 10 utilizadores em cada 1000)
Inflamação da íris
Raros (1 a 10 utilizadores em 10.000)
Formigueiro ou entorpecimento das mãos e pés
Miopia temporária que pode resolver-se com a interrupção do tratamento,
desenvolvimento de líquido debaixo da retina (descolamento coroideu após cirurgia de
filtração), dor nos olhos, endurecimento das pálpebras, pressão ocular baixa, inchaço da
córnea (com sintomas de distúrbios visuais), irritação ocular incluindo vermelhidão
Pedras nos rins
Tonturas
Sangramento nasal
Irritação na garganta, boca seca
Erupção cutânea localizada (dermatite de contacto)
Reacções de tipo alérgico como erupção cutânea, urticária, comichão, em casos raros
possível inchaço dos lábios, olhos e boca, falta de ar e, mais raramente, respiração
ruidosa.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários
não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR DORZOLAMIDA TEVA
Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Não utilize Dorzolamida Teva após o prazo de validade impresso no frasco e na
embalagem exterior, após VAL. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês
indicado.
Dorzolamida Teva deve ser usado num prazo de 28 dias após a primeira abertura do
frasco.
Não conservar acima de 30°C.
Não refrigerar ou congelar.
Não transfira Dorzolamida 2% colírio, solução para outra embalagem, pois pode ficar
misturado ou contaminado. Conservar na embalagem de origem.
Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES
Qual a composição de Dorzalamida Teva



A substância activa é a dorzalamida. Cada ml contém 20 mg de dorzolamida sob a forma
de cloridrato de dorzolamida.
Os outros componentes são hidroxietilcelulose, manitol E421, citrato de sódio E331,
hidróxido de sódio E524 e água para preparações injectáveis. O cloreto de benzalcónio
(0,075 mg/ml) é adicionado como conservante.
Qual o aspecto de Dorzalamida Teva e conteúdo da embalagem
Solução límpida e viscosa, livre de partículas visíveis acondicionada em frascos brancos
com ponta conta-gotas de cor branca e com tampa inviolável em polietileno de alta
densidade (HPDE).
Cada frasco contém 5 ml de solução. Estão disponíveis em embalagens de 1 x 5ml, 3 x
5ml e 6 x 5ml. É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.
Titular da Autorização de Introdução no Mercado
Teva Pharma – Produtos Farmacêuticos,Lda
Lagoas Park, Edifício 1, Piso 3
2740-264 Porto Salvo
Fabricante
TEVA UK Ltd, Eastbourne, Inglaterra
Pharmachemie B.V., Haarlem, Holanda
TEVA Santé SA, Sens, Franla
TEVA Pharmaceutical Works Private Limited Company, Debrecen, Hungria
TEVA Pharmaceutical Works Private Limited Company, Godollo, Hungria
IVAX Pharmaceuticals, s.r.o., Opava –Komárov, República Checa
Este folheto foi aprovado pela última vez em