FDC-VITAMINA E-D -ALPHA

Para que serve FDC-VITAMINA E-D -ALPHA

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

FDC VITAMINA E D-ALPHA
acetato de dextroalfatocoferol

APRESENTAÇÕES
Cápsulas gelatinosas moles de 400 UI em frasco plástico com 90 cápsulas
Cápsulas gelatinosas moles de 1000 UI em frasco plástico com 50 cápsulas

VIA ORAL

USO ADULTO

COMPOSIÇÃO
Cada cápsula gelatinosa mole de

FDC VITAMINA E D-ALPHA

400 UI contém:
acetato de dextroalfatocoferol (vitamina E) ........................................................... 400 UI
Excipientes: óleo de soja, gelatina e glicerol.
Cada cápsula gelatinosa mole de

FDC VITAMINA E D-ALPHA

1000 UI contém:
acetato de dextroalfatocoferol (vitamina E) ......................................................... 1000 UI
Excipientes: óleo de soja, gelatina, glicerol e água.


INFORMAÇÕES AO PACIENTE

PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Este medicamento é indicado como suplemento vitamínico em dietas restritivas e inadequadas.

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
Vitamina E é uma denominação comum aplicada a um grande número de compostos sintéticos
ou naturais. As substâncias mais importantes são os tocoferóis, dos quais os alfatocoferóis são
os mais ativos.
O acetato de dextroalfatocoferol (vitamina E) é um composto de origem natural que previne a
oxidação dos ácidos graxos poliinsaturados. Reage com os radicais livres, os quais são a causa
dos danos oxidativos nas membranas celulares, sem a formação de outros radicais livres no
processo.
A absorção da vitamina E, administrada por via oral, ocorre a partir do trato gastrintestinal e
depende da presença de bile e de função pancreática normal. A quantidade de vitamina E
absorvida varia largamente, entre 20 e 80%, e parece diminuir à medida que a dose é
aumentada. É largamente distribuída em todos os tecidos e armazenada nos tecidos adiposos.
Vitamina E está presente no leite materno, mas pouco atravessa a placenta.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Este medicamento é contraindicado para pacientes que apresentem hipersensibilidade a qualquer
componente da fórmula, inclusive à vitamina E. Também está contraindicado para pacientes
com hipoprotombinemia (níveis plasmáticos de fatores de coagulação diminuídos) devido à
deficiência de vitamina K e anemia por deficiência de ferro.
Este medicamento pode ser utilizado durante a gravidez desde que sob prescrição médica
ou do cirurgião-dentista.

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
A vitamina E pode prejudicar a resposta hematológica em pacientes com anemia por deficiência
de ferro. A ingestão de doses elevadas de vitamina E tem sido relacionada com o aumento da

tendência hemorrágica em pacientes com deficiência de vitamina K, tais como aqueles que
tomam anticoagulantes orais. No entanto, também tem sido sugerido que ela pode aumentar o
risco de trombose em alguns pacientes, como aqueles que estão em tratamento com estrógenos.
Várias drogas podem interferir com a absorção de vitamina E, incluindo colestiramina,
colestipol e orlistat. Altas doses de vitamina E podem aumentar os efeitos dos anticoagulantes
orais. A vitamina E pode facilitar a absorção, armazenamento hepático e utilização, e reduzir a
toxicidade da vitamina A. Grandes quantidades de hidróxido de alumínio podem precipitar os
ácidos biliares no intestino delgado superior, reduzindo assim a absorção de vitaminas
lipossolúveis, que é o caso da vitamina E. Anticoagulantes cumarínicos ou indandiônicos
podem causar hipoprotombinemia. Óleo mineral pode interferir com sua absorção. Doses
elevadas de ferro podem interferir na absorção e aumentar seus requisitos diários.
Este medicamento pode ser utilizado durante a gravidez desde que sob prescrição médica
ou do cirurgião-dentista.

Informe ao médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.


5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE
MEDICAMENTO?
Guardar em lugar seco e à temperatura ambiente (15 a 30 ºC).

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido.
Para sua segurança, mantenha o medicamento na embalagem original.

Não use este medicamento se o selo de segurança estiver violado ou ausente.
Este medicamento é apresentado na forma de cápsulas gelatinosas moles ovais de coloração
amarelada.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você
observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.


6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Ingerir 01 (uma) cápsula inteira ao dia, por via oral.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure
orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou
cirurgião- dentista.
Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.
Este medicamento não deve ser cortado


7. O QUE EU DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE
MEDICAMENTO?

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou do cirurgião-
dentista.


8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE CAUSAR?
Reações alérgicas e de hipersensibilidade podem ocorrer quando do uso de vitaminas.
A vitamina E usualmente é bem tolerada, mas doses elevadas podem causar diarréia, dor
abdominal e outros distúrbios gastrintestinais, como flatulência. Também foram relatados
fadiga, fraqueza, náusea, tontura, visão turva, cefaléia, dermatite, aumento de mama em homens
e mulheres.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis
pelo uso do medicamento.
Informe a empresa sobre o aparecimento de reações indesejáveis e problemas com este
medicamento, entrando em contato através do Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC).


9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A
INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

A ingestão excessiva pode causar certos sintomas indesejáveis, porém reversíveis, tais como:
debilidade do músculo esquelético, distúrbio gastrintestinal e perturbação das funções
reprodutoras.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e
leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.
Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como
proceder.


DIZERES LEGAIS

MS 1.2702.0025
Tec. resp.: Fabiana Paiva Galvão CRF/RN 3373
Fabricado por: FDC Vitamins

LLC

., Miami, Flórida, E.U.A.

Importado e comercializado exclusivamente por: BIOWELL AMERICA LTDA..
Av. Esplanada Silva Jardim, 86 – Ribeira – Natal-RN – Brasil – Cep: 59012-090

CNPJ

40.809.626/0001-68

SAC

0800-970-224


Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica

Histórico de alteração para a bula





Dados da submissão eletrônica



Dados da petição/notificação que altera bula



Dados das alterações de bulas

Data do

expediente

No.

expediente

Assunto

Data do

expediente

N° do

expediente

Assunto

Data de

aprovação

Itens

de

bula

Versões

(VP/VPS)

Apresentações relacionadas

10461 - ESPECÍFICO -

Inclusão Inicial de Texto de

Bula – RDC 60/12





DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Bile: Líquido secretado pelo fígado e acumulado na vesícula biliar, com abundante quantidade de bilirrubina, colesterol e pigmentos biliares. Tem importante função na digestão de gorduras. ?? lançada na porção inicial do intestino delgado através de um conduto chamado hepato-colédoco.
  2. Dermatite: Inflamação das camadas superficiais da pele, que pode apresentar-se de formas variadas (dermatite seborreica, dermatite de contato...) e é produzida pela agressão direta de microorganismos, substância tóxica ou por uma resposta imunológica inadequada (alergias, doenças auto-imunes).
  3. Tecido: Conjunto de células de características semelhantes, organizadas em estruturas complexas para cumprir uma determinada função. Exemplo de tecido: o tecido ósseo encontra-se formado por osteócitos dispostos em uma matriz mineral para cumprir funções de sustentação.

Síguenos

X