HAAR INTERN

Para que serve HAAR INTERN

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


contendo altas doses de cálcio; diuréticos tiazídicos; colestiramina; neomicina; orlistat; óleo mineral;
minociclina e teofilina.

Interações com exames laboratoriais:
As vitaminas A e D podem apresentar resultados falso positivos para as determinações de colesterol
sérico. As vitaminas A e B6 também podem apresentar resultados falso negativos para as determinações
de bilirrubina com reagente de Ehrlich.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?
Conservar o produto em sua embalagem original, à temperatura ambiente (entre 15° e 30ºC). Proteger da
luz e da umidade.
Observada a correta armazenagem, a validade é de 24 meses, a partir da data de fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

HAAR INTERN é um comprimido revestido na cor vermelha rosada intensa. Núcleo na cor bege claro e
odor característico.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você
observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Deve ser administrado 1 comprimido pela manhã e 1 à noite, ingeridos com auxílio de um pouco de
líquido.

Risco de uso por via de administração não recomendada:
Não há estudos dos efeitos de Haar Intern
administrado por vias não recomendadas. Portanto, por segurança e para a eficácia deste medicamento, a
administração deve ser somente por via oral.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure
orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou
cirurgião-dentista.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Quando houver esquecimento, tomar uma dose normal no próximo horário, não sendo necessário suprir a
dose esquecida.
Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Reação rara (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento): náusea, vômito,
diarreia, constipação, sensação de calor e rubor na face e reações de natureza alérgica.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis
pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Se o produto for ingerido em grandes quantidades, alguns sintomas de superdose podem ocorrer como:
visão turva, tonturas, sonolência, dor de cabeça, insônia, irritabilidade, falta de coordenação muscular,
náusea, convulsões e vômito.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e
leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.
Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como
proceder.

VENDA SEM PRESCRIÇÃO MÉDICA

DIZERES LEGAIS


Reg. M.S. nº 1.1695.0030.001-0
Responsável Técnico: Glauco Fernandes Miranda CRF-RS nº5252
LABORATÓRIO FARMACÊUTICO VITAMED LTDA
Rua Flávio Francisco Bellini, 459 - Caxias do Sul-

RS - CEP

95098-170
CNPJ nº 29.346.301/0001-53
INDÚSTRIA BRASILEIRA

Sac: Tel: (54) 4009-3200

sac@vitamed.com.br

www.vitamed.com.br


Nº do lote, data de fabricação, prazo de validade: Vide cartucho






























Histórico de Alteração da Bula

Dados da petição/notificação que altera bula

Dados das alterações de bulas

Data do

expediente

N° do

expediente

Assunto

Data de

aprovação

Itens de bula

Versões (VP / VPS)

Apresentações

relacionadas

22/04/2013

0309526/13-6

10461

-

ESPECÍFICO -
Inclusão Inicial
de Texto de
Bula

– RDC

60/12

15/04/2013

Todas

– inclusão

inicial de texto de
bula

VP1

Todas

02/05/2014

Gerado

no

momento

do

peticionamento

10454-
ESPECIFICO

Notificação de
alteração

de

texto de bula

RDC 60/12

02/05/2014

Item

“O que devo

saber antes de usar
este medicamento

”.

VP2

Todas



DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Bilirrubina: Pigmento amarelo que é produto da degradação da hemoglobina. Quando aumenta no sangue, acima de seus valores normais, pode produzir uma coloração amarelada da pele e mucosas, denominada icterícia. Pode estar aumentado no sangue devido a aumento da produção do mesmo (excesso de degradação de hemoglobina) ou por dificuldade de escoamento normal (p. ex. cálculos biliares, hepatite).

Síguenos

X