Jaba B12

Para que serve Jaba B12

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


Folheto informativo: Informação para o utilizador

Jaba B12 2,5 mg Comprimidos

Cobamamida

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois
contém informação importante para si.
- Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
- Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
- Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros. O medicamento pode
ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sinais de doença.
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico.Ver secção 4.

O que contém este folheto:
1. O que é Jaba B12 e para que é utilizado
2. O que precisa de saber antes de tomar Jaba B12
3. Como tomar Jaba B12
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Jaba B12
6. Conteúdo da embalagem e outras informações


1. O que é Jaba B12 e para que é utilizado

A substância ativa é a Cobamamida.
A forma farmacêutica deste medicamento é em comprimidos, e vai tomá-lo por via oral.

Jaba B12 inclui-se no grupo de medicamentos para o tratamento das anemias
megaloblásticas (anemia com produção de células –eritrócitos- de grandes dimensões).

Jaba B12 tem como substância activa a Cobamamida a que deve as propriedades
farmacológicas.

Jaba B12 está indicado na prevenção e tratamento de estados carenciais de vitamina

B12

situações de mal absorção da vitamina

B12

pós-gastrectomia e afeções de tipo
atrófico, doença de Crohn, pós ressecção do íleo, sprue e infestações parasitárias
intestinais prolongadas.
Jaba B12 está também indicado para o tratamento das anemias perniciosas e síndromes
perniciosiformes.
Jaba B12 está também indicado para o tratamento de manutenção em crianças com
acidúria metilmalónica.

2. O que precisa de saber antes de tomar Jaba B12

Não tome Jaba B12:
- se tem alergia (hipersensibilidade) à Cobamamida ou a qualquer outro componente
deste medicamento (indicados na secção 6)
- em caso de reações anafiláticas, ou outras reações de hipersensibilidade alérgica à
Cobamina ou a qualquer outro componente de Jaba B12.
- se tem um tumor maligno –a vitamina B12 pode ter uma ação sobre o crescimento de
tecidos, levando a taxas de multiplicação celular elevadas, o que pode permitir um
desenvolvimento mais rápido dos tumores.
- antes de confirmado o diagnóstico de deficiência da vitamina B12
- em caso de ambliopia tóxica (inflamação que normalmente afeta ambos os olhos e
produz uma pequena área de perda da visão no centro do campo visual)

Advertências e precauções
A vitamina B12 só deve ser administrada depois de confirmado o diagnóstico.
A administração a pessoas com antecedentes de alergias deve ser evitada ou então
rodeada das maiores precauções.
A administração de doses superiores a 10 microgramas/dia pode produzir uma resposta
hematológica em doentes com deficiência de folatos; o uso indiscriminado pode
mascarar o diagnóstico preciso da substância em défice.

As concentrações séricas de potássio devem ser monitorizadas durante a administração
inicial de cianocobalamina, dado poder ocorrer hipocaliémia (diminuição da
concentração de potássio no sangue), com possível arritmia cardíaca. Caso seja
necessário deve-se proceder à administração de potássio.

A resposta terapêutica à Cobamamida é afetada por infeções paralelas, urémia (aumento
da ureia no sangue), deficiência em ácido fólico ou ferro, ou por fármacos com efeito
supressor dos efeitos da medula óssea.

Os exames hematológicos e neurológicos devem ser efetuados com regularidade (deve
ser efetuada uma avaliação antes do início da terapêutica e a monitorização da
terapêutica a longo prazo através de um hemograma completo, índices eritrocitários,
determinação das concentrações séricas de vitamina B12 e ácido fólico).

O risco de neoplasia gástrica é elevado em doentes com anemia perniciosa pelo que
deve ser efetuada uma avaliação regular destes doentes, para determinação de uma
neoplasia gástrica oculta.

Outros medicamentos e Jaba B12
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, ou tiver tomado
recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos.
A absorção da vitamina B12 que lhe está a ser administrada, pode ser influenciada por
diversos medicamentos, nomeadamente, contracetivos orais, aminoglicosidos, ácido
aminossalicílico, anticonvulsivantes, biguanidas, cloranfenicol, colestiramina,
cimetidina, colchicina, sais de potássio e metildopa

Gravidez amamentação e fertilidade
Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte
o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Gravidez
Não foram descritos quadros de hipervitaminose B12. Contudo, não estão disponíveis
estudos relativos à eficácia e segurança deste medicamento na gravidez ou em mulheres
a amamentar. Jaba B12 deve apenas ser utilizado quando os benefícios superam os
riscos da sua utilização.

Se está grávida não utilize Jaba B12 no tratamento da da anemia megaloblástica.

Amamentação
Se está a amamentar deve estar atenta a qualquer possível reação alérgica do seu bébé.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não estão descritos quaisquer efeitos.

Jaba B12 contém lactose. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a
alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.


3. Como tomar Jaba B12

Utilize este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico ou farmacêutico.
Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

A posologia deve ser estabelecida pelo médico em função da situação patológica do
doente.

Adultos - 1 a 2 comprimidos de 2,5 mg
Ingerir o comprimido inteiro com água.

1) Deficiência de vitamina B12
1 mg de cianocobalamina/dia

2) Anemia perniciosa

mg de cianocobalamina/dia

Utilização em crianças e adolescentes Crianças dos 12 aos 15 anos - 1 comprimido de 2,5 mg por dia.
Não está recomendada a sua utilização em crianças com idades inferiores a 12 anos,
pelo risco de sufocação.

Insuficiência renal e/ou hepática
A resposta clínica poderá ser afetada, pelo que poderá ser necessário o seu médico
aumentar-lhe a dose (por exemplo por diminuição do intervalo de administração).

Crianças, idosos e doentes com patologias especiais
Podem ocorrer os efeitos secundários já referidos. Estar atento.

Duração do tratamento médio
De acordo com o critério clínico.

Se tomar mais Jaba B12 do que deveria
Não foram observados casos de sobredosagem.

Caso se tenha esquecido de tomar Jaba B12
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar. Deve
continuar o tratamento de acordo com o esquema estabelecido.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico
ou farmacêutico


Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários,
embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Os comprimidos podem causar:
- reações alérgicas: prurido, urticária, eritema, choque;
- acne
- urina vermelha (coloração vermelha ou rosa da urina durante o tratamento).
Em geral estes efeitos são pouco frequentes, mas na presença de uma reação alérgica,
suspender a terapêutica e consultar o médico.

Comunicação de efeitos secundários
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá
comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED, I.P. através dos contactos
abaixo. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações
sobre a segurança deste medicamento.
INFARMED, I.P.
Direção de Gestão do Risco de Medicamentos
Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53
1749-004 Lisboa
Tel: +351 21 798 71 40
Fax: + 351 21 798 73 97
Sítio da internet: http://extranet.infarmed.pt/page.seram.frontoffice.seramhomepage E-mail: [email protected]

5. Como conservar Jaba B12

Não conservar acima de 25ºC

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem
exterior, após “VAL.”. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte
ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas
ajudarão a proteger o ambiente.


Conteúdo da embalagem e outras informações

Qual a composição de Jaba B12

- A substância ativa é a Cobamamida, cada comprimido contém 2,5 mg de
Cobamamida.
- Os outros componentes (excipientes) são: aroma de banana, povidona, talco, sacarina
sódica (E954), lactose mono-hidratada, estearato de magnésio, amido de milho, aerosil
200

Qual o aspeto de Jaba B12
Jaba B12 apresenta-se na forma de comprimidos de faces planas, cor avermelhada, com
ligeiro sabor a banana, acondicionados em blisters de PVC/Alu.
Embalagens contendo 20 ou 60 comprimidos.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Jaba Recordati, S.A.
Lagoas Park, Edificio 5, Torre C, Piso 3 2740-298 Porto Salvo
Portugal

Fabricante

Atlantic Pharma - Produções Farmacêuticas, S.A.
Zona Industrial da Abrunheira
Rua da Tapada Grande n.º 2 – Abrunheira
2710-089 Sintra,
Portugal

Este folheto foi revisto pela última vez em



DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Neoplasia: Termo que denomina um conjunto de doenças caracterizadas pelo crescimento anormal e em certas situações pela invasão de órgãos à distância (ver metástases). As neoplasias mais freqüentes são as de mama, cólon, pele e pulmões.
  2. Parasita: Organismo uni ou multicelular que vive às custas de outro, denominado hospedeiro. A presença de parasitos em um hospedeiro pode produzir diferentes doenças dependendo do tipo de afecção produzida, do estado geral de saúde do hospedeiro, de mecanismos imunológicos envolvidos, etc. São exemplos de parasitas: a sarna, os piolhos, os áscaris (lombrigas), as tênias (solitárias), etc.
  3. Tecido: Conjunto de células de características semelhantes, organizadas em estruturas complexas para cumprir uma determinada função. Exemplo de tecido: o tecido ósseo encontra-se formado por osteócitos dispostos em uma matriz mineral para cumprir funções de sustentação.
  4. Uréia: Produto do metabolismo das proteínas. Indica de forma indireta a eficiência da função renal. Quando existe insuficiência renal, os valores de uréia elevam-se produzindo distúrbios variados (pericardite urêmica, encefalopatia urêmica, etc.).
  5. Urticária: Reação alérgica manifestada na pele como elevações pruriginosas, acompanhadas de vermelhidão da mesma. Pode afetar uma parte ou a totalidade da pele. Em geral é autolimitada e cede em pouco tempo, podendo apresentar períodos de melhora e piora ao longo de vários dias.

Síguenos

X