Maalox Tc

Para que serve Maalox Tc

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


FOLHETO INFORMATIVO


Maalox

TC

Suspensão oral

Composição
Cada ml de suspensão contém :Hidróxido de alumínio - 120 mgHidróxido de magnésio - 60 mg Cada colher de chá (5 ml) de suspensão contém :Hidróxido de alumínio .......... 600 mgHidróxido de magnésio ........ 300 mgO excipiente contém parabenos e sorbitol.Forma de apresentação
Frasco com 200 ml de suspensão para administração oral.Classe terapêutica
Devido à sua combinação equilibrada em hidróxido de alumínio e hidróxido de magnésio, o MaaloxTC é um antiácido que não provoca obstipação e que possui um agradável sabor, o que proporcionauma boa tolerância pelo doente.Responsável pela comercialização
Sanofi-Aventis - Produtos Farmacêuticos, S.A.
Empreendimento Lagoas Park - Edifício 7 - 3º
2740-244 Porto Salvo

Indicações terapêuticas
O Maalox TC possui as seguintes indicações: -Tratamento agudo e profilaxia da recidiva da úlcera péptica.-Alívio sintomático da hiperacidez associada a situações clínicas, tais como úlcera péptica (gástrica e duodenal), gastrite, duodenite, esofagite péptica e dispepsia. -Prevenção de lesões pépticas associadas a situações de stress, nomeadamente gastrite hemorrágica após politraumatismo e queimaduras graves.
Contra-indicações
Hipersensibilidade às substâncias activas ou a qualquer um dos excipientes.O Maalox TC não deve ser administrado a doentes com insuficiência renal grave.

Efeitos secundários
Ligados ao alumínio: deplecção fosforada em caso de utilização prolongada ou em doses elevadas.Poderão ocorrer casos raros de diarreia ou regurgitação quando se utilizam as doses mais elevadas notratamento preventivo da hemorragia induzida por stress. Em doentes com insuficiência renal crónica pode ocorrer acumulação de alumínio e hipermagnesémia.(ver Precauções especiais de utilização)

Interacções
Todos os antiácidos podem interferir com a absorção de alguns fármacos. Caso esteja a tomar outrosmedicamentos, deverá pedir conselho ao seu médico assistente antes de iniciar o tratamento comMaalox TC. Estas interacções podem ser minimizadas fazendo um intervalo de pelo menos 2 horas entre aadministração do Maalox TC e de outros medicamentos.Precauções especiais de utilização
Não é aconselhável a administração de uma dose superior a 8 colheres de chá por dia. A dose máxima(8 colheres de chá/dia) não deve ser administrada durante um período superior a duas semanas. Se tiver qualquer problema a nível renal consulte o seu médico antes de tomar Maalox TC. Nos doentes com insuficiência renal crónica (submetidos ou não a diálise) existe o risco deencefalopatia devido ao alumínio e de intoxicação pelo magnésio. Recomenda-se especial precaução em doentes com porfíria, pois o Maalox TC poderá precipitaruma crise aguda. Os sais de citrato e o ácido ascórbico poderão aumentar a absorção dealumínio.
Em caso de agravamento ou persistência dos sintomas deverá consultar o médico.
MAALOX TC suspensão oral contém parabenos. Pode causar reacções alérgicas (possivelmenteretardadas).
A suspensão oral contém sorbitol. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância aalguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Utilização em caso de gravidez ou aleitamento
O Maalox TC pode ser utilizado durante a gravidez, quando o seu uso for aconselhado pelo médico. É conveniente não utilizar este medicamento durante o período de aleitamento.Posologia e modo de administração
Recomenda-se a administração de 1 a 2 colheres de chá (5-10 ml) de Maalox TC quatro vezes ao diaou como aconselhado pelo médico assistente.

Em crianças com mais de 6 anos de idade, a dose recomendada é idêntica à dos adultos. Em criançascom menos de 6 anos de idade, a dose deve ser indicada pelo médico. A suspensão deve ser tomada 20 minutos a 1 hora após as refeições e ao deitar. Em caso de úlcerapéptica, a suspensão deve ser tomada 1 a 3 horas após as refeições e ao deitar.

Agitar bem a suspensão antes de administrar a dose indicada. Na prevenção dos episódios hemorrágicos do tudo digestivo superior associados a situações de stress,recomenda-se a administração de 10 ml de suspensão, no mínimo, e de 80 ml de suspensão, nomáximo, de duas em duas horas mediante sonda gástrica, de acordo com o seguinte esquema

posológico: 1. Aspirar o conteúdo gástrico mediante uma sonda nasogástrica e determinar o pH. 2. Instilar 10 ml de Maalox TC e em seguida 30 ml de água através da sonda nasogástrica. 3. Esperar uma hora. Aspirar o conteúdo gástrico e determinar novamente o pH. 4. Se o pH for igual ou superior a 4,0 realizar uma drenagem durante 1 hora e repetir o ciclo. Se o p

H

foi inferior a 4,0 duplicar a dose de Maalox TC (20ml) e em seguida administrar 30 ml de água. 5. Esperar uma hora. Se o pH for igual ou superior a 4,0 realizar uma drenagem e repetir o ciclo. Se o pH for ainda inferior a 4,0 duplicar a dose de Maalox TC (40 ml) e em seguida administrar 30 mlde água. 6. Esperar outra hora, aspirar o conteúdo gástrico e medir o pH. Se este for igual ou superior a 4,0 realizar uma drenagem durante uma hora e repetir o ciclo. Se o pH for inferior a 4,0 duplicar a dosede Maalox TC (80 ml) e em seguida administrar 30 ml de água. 7. Drenar durante uma hora e repetir o ciclo com a dose de Maalox TC que for estabelecida.Duração do tratamento
Salvo as precauções referidas, não existem quaisquer contra-indicações à sua administraçãoprolongada.Sobredosagem e intoxicação

Em doentes sem outras patologias o único sintoma de sobredosagem é a diarreia. Em caso deinsuficiência renal grave pode haver o risco de intoxicação pelo magnésio, a qual se manifesta porsecura de boca, tonturas e dificuldades respiratórias incluindo depressão respiratória. A terapêutica de eventual sobredosagem deve consistir em lavagem gástrica e aumento do trânsitointestinal com a utilização de laxantes que não possuam magnésio na sua composição. Caso surjamsintomas sugestivos de intoxicação pelo magnésio aconselha-se a administração de gluconato de cálciopor via intravenosa.
Comunique ao seu médico ou farmacêutico qualquer efeito indesejável que ocorra durante otratamento e que não conste deste folheto.
Verifique o prazo de validade na embalagem.
Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Este folheto foi aprovado pela última vez em Junho de 2005.



DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Gastrite: Inflamação aguda ou crônica da mucosa do estômago (ver). Manifesta-se por dor na região superior do abdome, acidez, ardor, náuseas, vômitos, etc. Pode ser produzida por infecções, consumo de medicamentos (aspirina), estresse, etc.
  2. Hemorragia: Perda de sangue para um órgão interno (tubo digestivo, cavidade abdominal) ou para o exterior (ferimento arterial). De acordo com o volume e velocidade com a qual se produz o sangramento uma hemorragia pode produzir diferentes manifestações nas pessoas, desde taquicardia, sudorese, palidez cutânea, até o choque.
  3. Regurgitação: Presença de conteúdo gástrico na cavidade oral, na ausência do reflexo de vômito. ?? muito freqüente em lactentes.

Síguenos

X