MAGNESIA PHOSPHORICA

Para que serve MAGNESIA PHOSPHORICA

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


MAGNESIA PHOSPHORICA

MgHPO . 3H O; 174,33

4 2
Sinonímia homeopática. Magnessi phosphas, Magnesium phosphoricum

Nome químico. monoidrogenofosfato de magnésio triidratado; fosfato monoácido de magnésiotriidratado; fosfato dibásico de magnésio triidratado.

DESCRIÇÃO

Caracteres físico-químicos. Pó branco, inodoro e sem sabor.

Solubilidade. Praticamente insolúvel em água, insolúvel em etanol e solúvel em ácidos diluídos.


o
Temperatura de decomposição. Decompõem-se a 550 C.


o
Densidade relativa (V.2.5) F. Bras. IV. 2,130g/ml a 20 C.

Incompatibilidades. Álcalis em geral, carbonatos e bicarbonatos alcalinos e fosfatos alcalinossolúveis.

ESPECIFICAÇÃO

Contém, no mínimo, 98,0 % e não mais que 102,0 % de MgHPO . 3

H O

4 2

IDENTIFICAÇÃO

Dissolver 1,5 g da amostra em ácido clorídrico diluído 5% (V/V) para produzir volume de 30 ml(Solução teste).

A.

Em placa de toque, adicionar 0,2 ml de solução do reagente amarelo de tiazol (amarelo de titan)e 0,2 ml da Solução teste. Adicionar, gota a gota, solução de hidróxido de sódio 2 M. Observa-sedesenvolvimento de cor vermelha.

B.

A 1 ml da Solução teste adicionar 2 ml de molibdovanádio SR. Produz-se cor amarela e se amistura é aquecida observa-se formação lenta de precipitado amarelo.

ENSAIOS DE PUREZA

Sulfatos. A 10 ml da Solução teste, adicionar 5 ml de água purificada. A solução obtida deveráobedecer ao ensaio-limite para sulfatos (V.3.2.2) F. Bras. IV. No máximo 300 ppm.

Fosfato de potássio dibásico e fosfato de magnésio. Dissolver 2 g da substância em 30 ml deácido clorídrico M, adicionar 20 ml de água purificada e 0,05 ml de alaranjado de metila SI. Titularo excesso de ácido clorídrico com solução padronizada de hidróxido de sódio M. O volume dehidróxido de sódio gasto na titulação corresponde ao excesso de ácido clorídrico. O volume doácido clorídrico consumido na titulação não deve ser menor que 11 ml e não mais que 12,5 ml.


Arsênio. 1 g da substância deve obedecer ao ensaio-limite para arsênio (V.3.2.5 – Método I). F.Bras. IV. No máximo 5 ppm.

Cloreto. Dissolver 0,25 g da substância em uma mistura formada por 5 ml de ácido nítrico 5%(V/V) e 10 ml de água purificada. A solução resultante deve obedecer ao ensaio-limite paracloretos (V.3.2.1) F. Bras. IV. No máximo 200 ppm.

DOSEAMENTO

Dissolver aproximadamente 0,2 g do sal, pesado com precisão 1 mg, em 20 ml de água purificada e2 ml de ácido clorídrico M e aquecer brandamente até dissolução total. Adicionar 40 ml de soluçãopadrão 0,1 M de edetato dissódico 0,1 M SV e água purificada até volume aproximado de 100 ml.Neutralizar a solução com solução de hidróxido de sódio M. Adicionar 3 ml de solução tampão decloreto de amônio pH 10 e alguns miligramas de Negro de eriocromo T.

Titular o excesso da solução de edetato dissódico 0,1 M SV com solução padronizada de sulfato dezinco 0,1 M, até que a coloração mude de verde para vermelho.

A diferença entre o volume da solução de edetato dissódico 0,1 M SV adicionado e o volume dasolução de sulfato de zinco corresponde ao volume de edetato dissódico 0,1 M SV que reagiu com ocomposto de magnésio.

Cada ml da solução 0,1 M de edetato dissódico 0,1 M SV corresponde a 0,002 g de MgHPO . 4 3H O.

2

CONSERVAÇÃO

Em frasco de vidro neutro, âmbar, bem fechado.

FORMA DERIVADA



Ponto de partida. Fosfato dibásico de magnésio (MgHPO . 3H O)

4 2
Insumo inerte. Utilizar lactose até 3CH ou 6 DH e para as demais, seguir a regra geral depreparação de formas farmacêuticas derivadas.Método. Hahnemanniano (XI. I), Korsakoviano (XI.II), Fluxo Contínuo (XI.III); Farm. Hom. Bras.II, 1997.

Dispensação. A partir da 1CH ou 1DH seguindo regra geral de dispensação.

Conservação.
Em frasco de vidro neutro, âmbar, bem fechado.

REAGENTES E SOLUÇÕ

ES REAGENTES

Amarelo de tiazolDissolver 50 mg de amarelo de tiazol em água purificada, completando o volume para 100 ml. Document Outline REAGENTES E SOLU


DEFINIÇÕES MÉDICAS

Síguenos

X