Maizar Diskus

Para que serve Maizar Diskus

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


Folheto informativo: Informação para o utilizador

Maizar Diskus 100 microgramas/dose + 50 microgramas/dose pó para inalação em
recipiente unidose
Maizar Diskus 250 microgramas/dose + 50 microgramas/dose pó para inalação em
recipiente unidose
Maizar Diskus 500 microgramas/dose + 50 microgramas/dose pó para inalação em
recipiente unidose

Fluticasona + Salmeterol

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a utilizar este medicamento pois
contém informação importante para si.
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro.
Este medicamento foi receitado apenas para si. Não deve dá-lo a outros. O
medicamento pode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sinais de
doença.
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Ver
secção 4.

O que contém este folheto:
1. O que é Maizar Diskus e para que é utilizado
2. O que precisa de saber antes de utilizar Maizar Diskus
3. Como utilizar Maizar Diskus
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Maizar Diskus
6. Conteúdo da embalagem e outras informações


O que é Maizar Diskus e para que é utilizado

Maizar Diskus contém dois fármacos, salmeterol (sob a forma de xinafoato) e
fluticasona (sob a forma de propionato).

O salmeterol é um broncodilatador de longa duração de ação. Os broncodilatadores
ajudam as vias aéreas pulmonares a permanecerem abertas. Isto faz com que seja mais
fácil para o ar entrar e sair. Os efeitos duram pelo menos 12 horas.
A fluticasona é um corticosteroide, que reduz a inflamação e a irritação nos pulmões.

O médico prescreveu este medicamento para ajudar a prevenir problemas respiratórios
tais como:
-Asma
-Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC). Maizar Diskus, numa dosagem de
50/500 microgramas/dose, reduz o número de exacerbações dos sintomas da DPOC.

Deve utilizar Maizar Diskus todos os dias como indicado pelo seu médico. Isto irá
assegurar que funciona corretamente no controlo da sua asma ou DPOC. Maizar Diskus ajuda a impedir o aparecimento de falta de ar e pieira. Não funciona
quando já está com falta de ar ou pieira. Se isso acontecer precisará de utilizar um
medicamento de ação rápida para alívio, tal como o salbutamol.


O que precisa de saber antes de utilizar Maizar Diskus Não utilize Maizar Diskus:

Se tem alergia (hipersensibilidade) ao xinafoato de salmeterol, propionato de
fluticasona ou ao outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).

Advertências e precauções
Fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro antes de utilizar Maizar Diskus
O seu médico seguirá o seu tratamento mais de perto se tiver alguma situação clínica
como:
-Doença cardíaca, incluindo ritmo cardíaco irregular ou rápido
-Hipertiroidismo
-Hipertensão
-Diabetes mellitus (Maizar Diskus pode aumentar os níveis de açúcar no sangue)
-Níveis baixos de potássio no sangue
-Tuberculose, de momento ou no passado

Caso tenha tido alguma destas situações clínicas, informe o seu médico antes de
utilizar Maizar Diskus.

Se sentir dificuldade em respirar ou se sentir pieira durante a utilização de Maizar
Diskus, deve continuar a utilizá-lo, mas deverá consultar o seu médico o mais breve
possível, pois poderá necessitar de tratamento adicional.
Uma vez a asma controlada, o seu médico pode considerar a redução gradual da dose
de Maizar Diskus.


Outros medicamentos e Maizar Diskus
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, ou tiver tomado
recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos. Isto porque a administração de
Maizar Diskus poderá não ser compatível com a de outros medicamentos.

Antes de começar a utilizar Maizar Diskus, informe o seu médico se estiver a tomar
os seguintes medicamentos:
-Beta-bloqueantes (tais como atenolol, propranolol, sotalol). Os beta-bloqueadores
são utilizados, maioritariamente, para a hipertensão ou outras situações cardíacas.
-Medicamentos antivíricos e antifúngicos (tais como ritonavir, cetoconazol e
itraconazol). Alguns destes medicamentos poderão aumentar os níveis de propionato
de fluticasona ou salmeterol no seu organismo. Isto pode aumentar o risco de sentir
efeitos secundários, incluindo batimentos cardíacos irregulares, ou pode piorar os
efeitos secundários.
-Corticosteroides (orais ou injetáveis). Se tiver tomado estes medicamentos
recentemente, pode aumentar o risco de este medicamento afetar a sua glândula
suprarrenal. Gravidez, amamentação e fertilidade
Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar,
consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.
O médico avaliará se pode utilizar Maizar Diskus durante este período.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não é provável que Maizar Diskus afete a sua capacidade para conduzir ou utilizar
máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de Maizar Diskus
Maizar Diskus contém até 12,5 miligramas de lactose em cada dose. Se foi informado
pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar
este medicamento.


Como utilizar Maizar Diskus

Utilize este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico ou
farmacêutico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Utilize o seu Maizar Diskus todos os dias, até o seu médico o aconselhar a parar.
Utilize sempre Maizar Diskus sempre de acordo com as indicações do médico.

Para a asma
Adultos e adolescentes de idade igual ou superior a 12 anos
Maizar Diskus 50/100 - Uma inalação duas vezes por dia
Maizar Diskus 50/250 - Uma inalação duas vezes por dia
Maizar Diskus 50/500 - Uma inalação duas vezes por dia

Crianças dos 4 aos 12 anos
Maizar Diskus 50/100 - Uma inalação duas vezes por dia
Não se recomenda a utilização de Maizar Diskus em crianças com menos de 4 anos.

Para adultos com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC)
Maizar Diskus 50/500 - Uma inalação duas vezes por dia

Os seus sintomas podem ser bem controlados usando Maizar Diskus duas vezes por
dia. Caso isso aconteça, o seu médico poderá decidir reduzir a sua dose para uma vez
por dia. A dose poderá ser alterada para:
-uma vez à noite - se tiver sintomas noturnos
-uma vez de manhã - se tiver sintomas diurnos.
É muito importante seguir as instruções do seu médico sobre quantas inalações e com
que frequência tomar o seu medicamento.

Se está a usar Maizar Diskus para a asma, o seu médico pretenderá avaliar os seus
sintomas regularmente.
Se a sua asma ou respiração piorar fale imediatamente com o seu médico. Poderá
achar que sente mais pieira, que sente o peito apertado com mais frequência ou que
pode necessitar de utilizar mais vezes a sua medicação de alívio de ação rápida. Se algo disto acontecer, deve continuar a utilizar Maizar Diskus mas não deve aumentar
o número de atuações que toma. A sua condição respiratória poderá estar a agravar-se
e poderá ficar seriamente doente. Contacte o seu médico pois poderá necessitar de
tratamento adicional.

Instruções para utilização
O seu médico, enfermeiro ou farmacêutico deverá demonstrar-lhe como utilizar o seu
inalador.
Deverão verificar, de tempos a tempos, como o utiliza. A utilização desadequada ou
não conforme com o prescrito, pode significar que Maizar Diskus não irá atuar na sua
asma ou DPOC como deveria.

O Diskus contém alvéolos que contêm Maizar em pó.
Há um contador no topo do Diskus que o informa sobre quantas doses ainda restam. A
contagem é decrescente até ao 0. Os números de 5 a 0 irão aparecer a vermelho para o
avisar quando restarem apenas algumas doses. Assim que o contador mostrar o 0, o
seu inalador está vazio.

Utilizar o seu inalador

1. Para abrir o seu Diskus, segure a parte exterior com uma mão e coloque o polegar
da outra mão no local de apoio respetivo. Empurre com o polegar deslocando-o tanto
quanto possível. Ouvirá um estalido. Isto abrirá um pequeno orifício no aplicador
bucal.


2. Segure o Diskus com o aplicador bucal voltado para si. Pode segurá-lo tanto com a
mão direita como com a esquerda. Deslize a alavanca afastando-a tanto quanto
possível.
Ouvirá um estalido. Isto disponibiliza uma dose do seu medicamento no aplicador
bucal.

Cada vez que a alavanca é puxada para trás abre-se no interior um alvéolo e o pó fica disponível para ser inalado. Não manipule a alavanca desnecessariamente pois
poderão ser libertadas doses que serão desperdiçadas.
3. Segure o Diskus afastado da sua boca, expire tanto quanto for confortável. Não
expire para dentro do Diskus.
4. Coloque o aplicador bucal entre os lábios; inspire constante e profundamente
através do Diskus, não pelo nariz.
Retire o Diskus da sua boca.
Suspenda a sua respiração durante 10 segundos ou tanto quanto lhe for confortável.
Expire lentamente.


5. Depois bocheche com água e deite fora. Isto poderá ajudá-lo a evitar as aftas e a
não ficar rouco.

Para fechar o Diskus, deslize a alavanca na sua direção, tanto quanto possível.

Ouvirá um estalido.
A alavanca volta automaticamente à sua posição original e está de novo pronta.

O seu Diskus fica pronto a ser usado novamente.
Limpar o seu inalador
Para o limpar, esfregue o aplicador bucal do Diskus com um pano seco.

Se utilizar mais Maizar Diskus do que deveria
É importante que tome a dose indicada pelo seu médico. Não deve aumentar ou
diminuir a dose sem uma orientação médica. Se tomou acidentalmente uma dose
maior que a recomendada, fale com o seu médico ou farmacêutico. Poderá notar os
seus batimentos cardíacos mais rápidos que o habitual e sentir tremor. Poderá também
ter dor de cabeça, fraqueza muscular e articulações dolorosas.
Se utilizou uma dose maior durante um longo período de tempo, deverá falar com o
seu médico ou farmacêutico para aconselhamento. Isto porque doses maiores de
Maizar Diskus podem reduzir a quantidade de hormonas esteroides produzidas pelas
glândulas suprarrenais.

Caso se tenha esquecido de utilizar Maizar Diskus Se se esqueceu de tomar o seu medicamento, tome a dose seguinte quando devida.
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de utilizar Maizar Diskus
É muito importante que tome Maizar Diskus todos os dias como recomendado
Continue a tomá-lo até que o seu médico lhe diga para parar. Não pare ou reduza
bruscamente a sua dose de Maizar Diskus. Isto poderá agravar os seus problemas
respiratórios e muito raramente poderão ocorrer efeitos secundários. Estes incluem:
Dor no estômago
Cansaço e perda de apetite
Má disposição e diarreia
Perda de peso
Dor de cabeça ou sonolência
Níveis baixos de potássio no sangue
Hipotensão e convulsões
Muito raramente, se contrair uma infeção ou em alturas de grande stress (como após
um acidente grave ou se foi operado), pode ter efeitos secundários similares.
Para prevenir a ocorrência destes sintomas, o seu médico poderá prescrever,
corticosteroides adicionais (como a prednisolona).
Se tiver mais alguma questão em como utilizar o inalador, pergunte ao seu médico ou
farmacêutico.


Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários,
embora estes não se manifestem em todas as pessoas.
Para reduzir a possibilidade de efeitos secundários, o seu médico irá prescrever a dose
mais baixa de Maizar Diskus para controlar a sua asma ou DPOC.

Reações alérgicas: poderá notar um agravamento súbito da sua respiração após
utilizar Maizar Diskus. Poderá ficar com muita pieira e tosse. Poderá também sentir
prurido e inchaço (normalmente da face, lábios, língua ou garganta). Se sentir estes
efeitos ou se aparecerem subitamente após utilizar Maizar Diskus, contacte o seu
médico imediatamente.
As reações alérgicas ao Maizar Diskus são pouco frequentes (afetam menos de 1
pessoa em cada 100).

Outros efeitos secundários estão listados abaixo:

Muito frequentes (afetam mais de 1 pessoa em cada 10)
Dor de cabeça - melhora, geralmente, com a continuação do tratamento.
Foi notificado um aumento do número de constipações em doentes com DPOC.

Frequentes (afetam menos de 1 pessoa em 10)
Candidíase (manchas brancas-amareladas, em relevo) da boca e garganta. Também
irritação da língua, garganta e voz rouca. Bochechar com água imediatamente após
cada inalação poderá ajudar. O seu médico poderá prescrever medicação antifúngica
para tratar a candidíase (“sapinhos”). Dores e inchaço nas articulações e dores musculares.

Os efeitos secundários seguintes também foram notificados em doentes com Doença
Pulmonar Obstrutiva Crónica (

DPOC)


Pneumonia e bronquite (infeção pulmonar). Comunique ao seu médico se apresentar
alguns dos seguintes sintomas: aumento da produção de expetoração ou coloração
alterada, febre, calafrios, aumento da tosse e de problemas respiratórios.
Hematomas e fraturas
Sinusite (sensação de tensão ou congestão nasal, face ou parte posterior dos olhos, por
vezes com dor pulsátil)
Redução na quantidade de potássio no sangue (poderá sentir um batimento cardíaco
irregular, fraqueza muscular, cãibras)

Pouco frequentes (afetam menos de 1 pessoa em 100)
Batimentos cardíacos muito rápidos (taquicardia).
Tremores e batimentos cardíacos irregulares ou rápidos (palpitações) - estes são,
normalmente, inofensivos e diminuem com a continuação do tratamento.
Cãibras musculares.
Preocupação (este efeito ocorre principalmente em crianças).
Irritação da garganta. Bochechar com água imediatamente após cada inalação poderá
ajudar.

Raros (afetam menos de 1 pessoa em 1000)
Agravamento da dificuldade respiratória ou pieira imediatamente após tomar
Maizar Diskus. Se isto acontecer pare de utilizar o seu inalador Maizar Diskus. Utilize
a sua medicação de alívio de ação rápida para o ajudar a respirar e contacte o seu
médico imediatamente.

Maizar Diskus pode afetar a produção normal de hormonas esteroides pelo
organismo, principalmente se tomou doses elevadas por longos períodos de tempo. Os
efeitos incluem:
-Atraso do crescimento em crianças e adolescentes
-Diminuição da densidade óssea
-Cataratas e glaucoma
-Aumento de peso
-Inchaço (em forma de lua) da face (síndrome de Cushing).
O seu médico irá avaliá-lo regularmente relativamente a estes efeitos adversos e
assegurar que está a tomar a dose mínima de Maizar Diskus que permita controlar a
sua asma.
Aumento dos níveis de açúcar (glucose) no sangue (hiperglicemia). Se tem diabetes
poderá ser necessária uma monitorização mais frequente da glicemia e um possível
ajuste da sua medicação antidiabética usual.
Distúrbios do sono e alterações comportamentais tais como hiperatividade e
irritabilidade (estes efeitos ocorrem principalmente em crianças)
Batimentos cardíacos irregulares ou extra (arritmias). Informe o seu médico mas não
interrompa Maizar Diskus, a menos que ele lhe diga para parar.
Erupções cutâneas
Frequência desconhecida, mas que também pode ocorrer: depressão ou agressividade.
Estes efeitos são mais prováveis de ocorrer em crianças.

Comunicação de efeitos secundários
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Também
poderá comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED, I.P. através dos
contactos abaixo. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais
informações sobre a segurança deste medicamento.

INFARMED, I.P.
Direção de Gestão do Risco de Medicamentos
Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53
1749-004 Lisboa
Tel: +351 21 798 71 40
Fax: + 351 21 798 73 97
Sítio da internet: http://extranet.infarmed.pt/page.seram.frontoffice.seramhomepage E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt

Como conservar Maizar Diskus

Conservar a uma temperatura inferior a 30°C.

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após expirar o prazo de validade indicado na
embalagem, após EXP. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês
indicado.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza.
Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.


Conteúdo da embalagem e outras informações Qual a composição de Maizar Diskus

As substâncias ativas são o salmeterol e o propionato de fluticasona. Cada dose de
Maizar Diskus contém 50 microgramas de salmeterol (sob a forma de xinafoato) e
100, 250 ou 500 microgramas de propionato de fluticasona.
O outro componente (excipiente) é a lactose mono-hidratada .

Qual o aspeto de Maizar Diskus e conteúdo da embalagem
Dispositivo Diskus em plástico moldado incluindo fita contentora de alumínio. com
28 ou 60 alvéolos regularmente espaçados, contendo cada, uma dose de Maizar.

Cada dose é pré-dispensada.
Os dispositivos estão acondicionados em cartonagens que contêm:
1 x Diskus de 28 inalações
1 ou 3 x Diskus contendo 60 inalações

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

GlaxoSmithkline Produtos Farmacêuticos, Lda.
Rua Dr. António Loureiro Borges, 3 - Arquiparque - Miraflores
1495-131 Algés


Fabricante

Glaxo Wellcome Production
23, Rue Lavoisier - Zone Industrielle nº 2
27000 Evreux
França

Glaxo Wellcome Operations UK, Ltd.
Priory Street
SG12 0DJ Ware - Hertfordshire
Reino Unido

Aspen Bad Oldesloe GmbH
Industriestrasse 32-36
23843 Bad Oldesloe
Alemanha


Este folheto foi revisto pela última vez em






DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Candidíase: ?? o nome da infecção produzida pela Candida albicans, um fungo que produz doença em mucosas, na pele ou em órgãos profundos (candidíase sistêmica).As infecções profundas podem ser mais freqüentes em pessoas com deficiência no sistema imunológico (pacientes com câncer, SIDA, etc.).
  2. Febre: Elevação da temperatura corporal acima de um valor normal, estabelecido entre 36,7ºC e 37ºC, quando medida na boca.
  3. Glaucoma: Aumento da pressão intra-ocular que se manifesta por dor de cabeça, olho vermelho e, se não tratado, pode produzir perda de visão a longo prazo.
  4. Glândula: Estrutura do organismo especializada na produção de substâncias que podem ser lançadas na corrente sangüínea (glândulas endócrinas) ou em uma superfície mucosa ou cutânea (glândulas exócrinas). A saliva, o suor, o muco, são exemplos de produtos de glândulas exócrinas. Os hormônios da tireóide, a insulina e os estrógenos são de secreção endócrina.
  5. Salbutamol: Fármaco padrão para o tratamento da asma. Broncodilatador. Inibidor do trabalho de parto prematuro.
  6. Taquicardia: Aumento da freqüência cardíaca. Pode ser devido a causas fisiológicas (durante o exercício físico ou gravidez) ou por diversas doenças como sepse, hipertireoidismo e anemia. Pode ser assintomática ou provocar palpitações (ver).

Síguenos

X