SANASAR

Para que serve SANASAR

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


SANASAR

benzoato de benzila

APRESENTAÇÃO
Sanasar sabonete:
cartucho com 1 sabonete de 80 g.

USO DERMATOLÓGICO
USO ADULTO E PEDIÁTRICO

COMPOSIÇÃO
Cada sabonete de Sanasar contém:
benzoato de benzila ....................................................................................................................................................... 8,0 g
Excipientes: essência de cravo, massa base (sebo bovino, óleo de babaçu, cloreto de sódio, glicerol, hidróxido de sódio,
edetato dissódico, ácido etidrônico, água), dióxido de titânio, pigmento verde CI 74260, pigmento azul CI 74160,
edetato dissódico, ácido etidrônico e água.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?
Sanasar
é um medicamento à base de benzoato de benzila, utilizado no tratamento dos piolhos, lêndeas e da sarna.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

O benzoato de benzila presente na espuma do sabonete garante perfeita penetração na pele facilitando a retirada dos
parasitas. Seu efeito é rápido e seguro, fazendo com que desapareçam prontamente todos os sintomas, inclusive a
coceira, permitindo a cura com um único tratamento.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você não deve usar Sanasar caso tenha alergia conhecida ao benzoato de benzila ou aos outros componentes do
produto.
Não aplicar o produto na pele com feridas e queimaduras.

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Sanasar
destina-se ao uso externo e não deve ser ingerido nunca, pois poderá ocorrer intoxicação.
Sanasar não deve ser aplicado no rosto, olhos e mucosas, nem em locais da pele onde haja feridas. Caso isso ocorra,
lavar com água abundantemente.
O produto deve ser utilizado com cuidado em pessoas que já apresentaram alergias a outros produtos de aplicação na
pele.
Sanasar pode irritar a pele e mucosas, não sendo recomendado o uso de outras substâncias que também possam irritar a
pele.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.


Não existe uma evidência suficiente que confirme a ocorrência de interações clinicamente relevantes.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?
Conservar o produto em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Proteger da luz e umidade.
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.
Sanasar sabonete:
sabonete de cor azul esverdeado, com fundo relevo “SANASAR” no centro, de um lado e liso do
outro lado.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma
mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser
mantido fora do alcance das crianças.

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Sanasar
pode ser utilizado no tratamento de piolhos, lêndeas e da sarna por adultos e crianças.
No tratamento de piolhos: deve-se lavar o local afetado, produzindo uma espuma que deverá permanecer no local por 5
minutos. Os piolhos mortos e as lêndeas devem ser retirados com um pente fino. Se necessário, a aplicação deve ser
repetida.
No tratamento da sarna: deve-se lavar cuidadosamente a parte afetada com o sabonete, produzindo uma espuma que
deverá permanecer na pele até secar. Se houver outras pessoas com sarna na mesma casa, todas devem ser tratadas ao
mesmo tempo para evitar reinfecção.

Caso você utilize este medicamento por uma via não recomendada, poderá não obter o efeito desejado e ainda poderão
ocorrer reações desagradáveis.
O limite máximo diário de uso é de 1 aplicação por dia.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do
farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Retomar o tratamento conforme orientação médica.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?
Em crianças e pessoas de pele muito branca e sensível, o uso de Sanasar sabonete pode provocar irritação, que
desaparece com a interrupção do uso. Existem casos de aparecimento de irritação da pele e bolhas na pele no local da
aplicação do benzoato de benzila durante o tratamento de sarna.
Pode ocorrer irritação dos olhos após o uso do benzoato de benzila.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do
medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE
MEDICAMENTO?
Recomenda-se procurar o serviço médico o mais rápido possível, para observação e medicação apropriada conforme a
gravidade do quadro clínico.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a
embalagem ou bula do medicamento, se possível. Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você
precisar de mais orientações sobre como proceder.

DIZERES LEGAIS
Reg.

M.S.

1.0689.0013
Farmacêutica Responsável: Paula Carniel Antonio

CRF-RS

4228
Fabricado por:
Indústria e Comércio Zambon Bernardi Ltda
Rua Toledo Barbosa, 666/690 – Belenzinho/São Paulo – SP
Registrado por:
KLEY HERTZ S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO
Rua Comendador Azevedo, 224 Porto Alegre, RS

CNPJ

92.695.691/0001-03
Indústria Brasileira
www.kleyhertz.com.br

SAC

0800 7049001

Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.











HISTÓRICO DE ALTERAÇÃO PARA A BULA

Dados da Submissão Eletrônica

Dados da petição/notificação que altera bula

Dados da alteração de bula

Data do

expediente

N° expediente

Assunto

Data do

expediente

N° expediente

Assunto

Data de

aprovação

Itens de bula

Versões

(VP/VPS)

Apresentações relacionadas

SIMILAR – Inclusão

Inicial de Texto de Bula –

RDC 60/12

-

-

Adequação à Bula Padrão

publicada no Bulário eletrônico em

11/09/2014.

11/09/2014

-

VP e VPS

0,10 G/G SAB CT FILME

POLIEST X 80 G



DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Sarna: Doença produzida por um parasita chamado Sarcoptes scabiei. Infesta a superfície da pele produzindo coceira e vesículas branco peroladas juntamente com lesões por coçadura. Localiza-se mais freqüentemente nas pregas interdigitais, inguinais e submamárias. ?? contagiosa, passando de pessoa para pessoa por contato íntimo, e por isto muito freqüente em aglomerações humanas (asilos, creches, abrigos). Nestes casos toda a população deve ser tratada ao mesmo tempo.
  2. Parasita: Organismo uni ou multicelular que vive às custas de outro, denominado hospedeiro. A presença de parasitos em um hospedeiro pode produzir diferentes doenças dependendo do tipo de afecção produzida, do estado geral de saúde do hospedeiro, de mecanismos imunológicos envolvidos, etc. São exemplos de parasitas: a sarna, os piolhos, os áscaris (lombrigas), as tênias (solitárias), etc.

Síguenos

X