Ultra-Vinca

Para que serve Ultra-Vinca

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


FOLHETO INFORMATIVO

INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Ultra-Vinca 5 mg Comprimidos Vinpocetina

Leia atentamente este folheto antes de tomar o medicamento. - Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler. - Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico. - Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento pode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas. - Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto: 1. O que é Ultra-Vinca e para que é utilizado 2. Antes de tomar Ultra-Vinca 3. Como tomar Ultra-Vinca 4. Efeitos secundários possíveis 5. Como conservar Ultra-Vinca 6. Outras informações

1. O QUE É Ultra-Vinca E PARA QUE É

UTILIZADO

Grupo Farmacoterapêutico: 2.13.1 - Sistema Nervosa Central. Outros medicamentos com acção no Sistema Nervoso Central. Medicamentos utilizados no tratamento sintomático das alterações das funções cognitivas.

A substância activa de Ultra-Vinca é a vinpocetina, pelo que Ultra-Vinca está enquadradonos medicamentos utilizados no tratamento sintomático das alterações das funçõescognitivas.

Ultra-Vinca está indicado como vasodilatador e metabolizante cerebral e periférico,sobretudo nas seguintes situações:

Alterações resultantes da oclusão cérebro-vascular: Psíquicas, Neurológicas, Electroencefalográficas, Angiográficas.

Na aterosclerose cerebral e periférica. No doente idoso, com aterosclerose. Nas lesões vasculares oclusivas retinianas. Nas lesões vasculares oclusivas otorrinolaringológicas.

2. ANTES DE TOMAR Ultra-Vinca

Não tome Ultra-Vinca - Se tem alergia (hipersensibilidade) à Vinpocetina ou a qualquer outro componente de Ultra-Vinca

- Se está grávida.

Tome especial cuidado com Ultra-Vinca - Se tiver lesões inflamatórias oculares, neste caso deve usar Ultra-Vinca com precaução e sob controlo.

- Se for um doente medicado com fármacos hipotensores, neste caso Ultra-Vinca deve ser administrado com precaução.

Em tratamentos prolongados aconselha-se controlo hematológico.

Tomar Ultra-Vinca com outros medicamentos Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Até agora não se registaram interacções entre Ultra-Vinca e quaisquer outros fármacos.

Tomar Ultra-Vinca com alimentos e bebidas Ultra-Vinca pode administrar-se com as refeições.

Gravidez e aleitamento Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Os ensaios realizados em animais não evidenciaram efeitos teratogénicos. No entanto, verificaram-se interferências com o desenvolvimento fetal, devendo interromper-se o tratamento com Ultra-Vinca, em caso de gravidez.

Condução de veículos e utilização de máquinas Não foram observados efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de Ultra-Vinca Ultra-Vinca contém lactose. Se foi informado pelo seu médico de que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

3. COMO TOMAR Ultra-Vinca

Administrar por via oral. Tomar Ultra-Vinca sempre de acordo com as indicações do médico.

Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. Os comprimidos devem ser deglutidos com a ajuda de um pouco de água.

A dose habitual é: Tratamento inicial: 1 a 2 comprimidos, 3 vezes ao dia. Tratamento de manutenção: 1 comprimido, 3 vezes ao dia.

Se tomar mais Ultra-Vinca do que deveria Não foram observados casos de sobredosagem.

A toxicidade animal obtém-se para doses da ordem das 100 a 150 vezes superiores às usadas na clínica.

No entanto, se ocorrer sobredosagem, devem ser seguidos os procedimentos habituais: - Fazer evacuar rapidamente o ou os produtos ingeridos; - Hospitalização de urgência num centro especializado.

Caso se tenha esquecido de tomar Ultra-Vinca No caso de ter omitido uma dose o tratamento deve ser continuado, reajustando o horário de acordo com a última toma. Não tome uma dose a dobrar para compensar um comprimido que se esqueceu de tomar.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍ

VEIS

Como os demais medicamentos, Ultra-Vinca pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Em todos os ensaios até à data efectuados, não se detectaram efeitos secundários importantes ou sinais de intolerância ao Ultra-Vinca. Em alguns casos, surge hipotensão transitória, que nunca obrigou a suspensão do tratamento.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR Ultra-Vinca

Manter fora do alcance e da vista das crianças. Não conservar acima de 25ºC. Conservar na embalagem de origem.

Não utilize Ultra-Vinca após o prazo de validade impresso no Blister e na embalagem exterior a seguir a “VAL”. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado. Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunteao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidasirão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕ

ES

Qual a composição de Ultra-Vinca - A substância activa é a vinpocetina. Cada comprimido contém 5 mg de Vinpocetina. - Os outros componentes são: Lactose mono-hidratada, celulose microcristalina e estearato de magnésio.

Qual o aspecto de Ultra-Vinca e conteúdo da embalagem Ultra-Vinca apresenta-se na forma farmacêutica de comprimidos. Os comprimidos são brancos, redondos, biplanos e encontram-se acondicionados em Blister de PVC/Alu, em embalagens com 20 e 60 unidades. É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da autorização de introdução no mercado: TECNIMEDE - Sociedade Técnico-Medicinal, S.A. Rua Professor Henrique de Barros Edifício Sagres, 3º

A

2685-338 Prior Velho Portugal Tel.: 21 041 41 00 Fax. : 21 041 41 06 E-mail: dmktm.tecnimede@mail.telepac.pt

Fabricante: West Pharma - Produções Especialidades Farmacêuticas, S.A. Rua João de Deus, n.º 11, Venda Nova 2700 - 486 Amadora Portugal

Medicamento sujeito a receita médica

Este folheto foi aprovado pela última vez em:



DEFINIÇÕES MÉDICAS

Síguenos

X