Xilopar

Para que serve Xilopar

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.


FOLHETO INFORMATIVO

INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

XILOPAR 1,25 mg Liofilizado Oral (comprimido)Cloridrato de selegilinaLeia com atenção todo este folheto antes de começar a utilizar este medicamento, pois contéminformaçao importante para si.Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.Este medicamento foi receitado apenas para si. Não deve dá-lo a outros. O medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sinais de doença.Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se tiver quaisquer efeitos secundários,incluindo efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico oufarmacêutico.O que contém este folheto:1. O que é XILOPAR e para que é utilizado2. Antes de tomar

XILOPAR

3. Como tomar

XILOPAR

4. Efeitos secundários possíveis5. Como conservar

XILOPAR

6. Outras informações1. O QUE É XILOPAR E PARA QUE É

UTILIZADO

O nome completo deste medicamento é XILOPAR 1,25 mg liofilizado oral. Neste folhetoserá utilizado o nome mais curto XILOPAR. A substância ativa deste medicamento é ocloridrato de selegilina que pertence a uma classe de medicamentos chamados inibidores damonoamino oxidase B. Cada liofilizado oral assemelha-se a um comprimido.Xilopar é usado no tratamento da doença de Parkinson. Pode ser utilizado isoladamente oucom outro medicamento chamado Levodopa.2.

ANTES DE TOMAR XILOPAR

Não tome XILOPAR se:Se tem alergia ao cloridrato de selegilina ou a qualquer outro componente deste medicamento

(indicados na secção 6).Se tem úlcera no estômago ou úlcera no intestino.Se tem uma doença chamada “fenilcetonúria”Se tem um movimento ou problema muscular (“extrapiramidal”) que não é causado por umafalta de dopamina.Não tome XILOPAR se isto se aplica a si. Se não tem a certeza, fale com o seu médico oufarmacêutico antes de tomar XILOPAR.Deve igualmente consultar a secção abaixo "Ao tomar XILOPAR com outros medicamentos"dado que XILOPAR não pode ser tomado com alguns medicamentos.

Tenha especial cuidado com Xilopar

Verifique com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento se:Tem problemas de fígado ou de rinsTem aumentos súbitos e repetidos da tensão arterialTem dor no peito (angina) ou um batimento cardíaco irregularTem demência graveTem algum problema de saúde mentalAlguma vez teve uma úlcera no estômago ou uma úlcera no intestinoEstiver a tomar outros medicamentos. Certifique-se que consulta a secção abaixo "Ao tomarXILOPAR com outros medicamentos".Se alguma das situações acima descritas se aplicar a si (ou não tem a certeza), fale com o seumédico ou farmacêutico antes de tomar XILOPAR.

A administração de XILOPAR pode dar resultados positivos em controlos antidopingAo tomar XILOPAR com outros medicamentos

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente, ou sevier a tomar outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica emedicamentos à base de plantas. Isto porque XILOPAR pode afetar o modo como outrosmedicamentos atuam. Também alguns medicamentos podem afetar o modo como

XILOPAR

atua.Não tome este medicamento e fale com o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomaralgum dos seguintes medicamentos:petidina ou qualquer outro analgésico semelhante à morfina medicamentos para a depressão,incluindo antidepressores triciclicos, ‘inibidores seletivos da recaptação da serotonina(ISRSs), tais como a fluoxetina, e a venlafaxina.Não inicie XILOPAR até decorrerem pelo menos 5 semanas após a interrupção da fluoxetina.Não inicie XILOPAR até decorrerem pelo menos 2 semanas após a interrupção da sertralina.Se tiver tomado qualquer outro ISRS, aguarde pelo menos 1 semana após a interrupção doISRS antes de iniciar Xilopar.Medicamentos chamados ‘inibidores da monoaminoxidase’, utilizados para tratar a depressão,como o antibiótico linezolida medicamentos chamados simpaticomiméticos, tais como osmedicamentos para a congestão nasal, por exemplo efedrina medicamentos para a enxaquecacomo o rizatriptanoLevodopa, um medicamento usado para a sua doença de Parkinson ou se tem alguma dasseguintes situações:Tensão arterial elevada ou um problema cardíaco grave, como dor no peito (angina) oubatimentos cardíacos rápidos ou irregularesUm tumor na próstataUm tumor na glândula suprarrenal (feocromocitoma)Um problema ocular chamado ‘glaucoma de ângulo fechado’Uma tiroide hiperativa (hipertiroidismo)Problemas graves de saúde mental como a esquizofreniaDemência grave.Não tome XILOPAR e fale com o seu médico ou farmacêutico se isto se aplica a si

Informe também o seu médico ou farmacêutico se está a tomar algum dos seguintesmedicamentos:Levodopa (usado para a doença de Parkinson). Se tomar a dose máxima de Levodopajuntamente com Xilopar pode sentir-se agitado. O seu médico pode baixar ligeiramente a dosede Levodopa quando iniciar

XILOPAR

Contracetivos orais (pílula)THS (terapêutica hormonal de substituição)Altretamina (usada para o cancro do ovário)Amantadina (usada para a doença de Parkinson)Dopamina ou digoxina (usadas para problemas cardíacos)Medicamentos para problemas cardíacosMedicamentos para relaxar os músculos intestinaisMedicamentos para a ansiedade ou problemas do sonoMedicamentos para tensão arterial alta ou baixaMedicamentos para a asma como uma bomba de salbutamolMedicamentos para a depressãoMedicamentos para tornar o sangue menos espessoFale com o seu médico se tiver que receber uma anestesia geral.Se isto se aplica a si (ou não tem a certeza), fale com o seu médico ou farmacêutico antes detomar XILOPAR.Fale igualmente com o seu médico ou farmacêutico se necessitar de tomar algum dosmedicamentos anteriormente mencionados pouco tempo depois de parar de tomar XILOPAR.Aguarde pelo menos 14 dias entre parar de tomar XILOPAR e começar a tomar algum dosmedicamentos listados na secção " Ao tomar XILOPAR com outros medicamentos”. Aguardeno mínimo 24 horas entre parar de tomar XILOPAR e começar a tomar qualquer agonista daserotonina (tais como medicamentos com triptanos para tratar a enxaqueca).Tomar XILOPAR com alimentos e bebidasNão coma, não beba nem enxague a boca durante 5 minutos após ter tomado XILOPAR.Não ingira álcool quando tomar XILOPAR.Se tomar XILOPAR associado a outro ‘inibidor da monoaminoxidase’ (IMAO), o seu médicopode pedir-lhe que restrinja a sua dieta.Gravidez e amamentaçãoNão tome Xilopar se estiver grávida, a amamentar ou se tenciona engravidar.Condução de veículos e utilização de máquinasPode sentir-se lento, tonto ou sonolento ou com a visão turva enquanto estiver a tomarXILOPAR. Se tal acontecer, não conduza viaturas nem utilize nenhuma ferramenta ou operemáquinaInformação importante acerca de alguns componentes de

XILOPAR

XILOPAR contém uma fonte de fenilalanina. Pode ser prejudicial em indivíduos comfenilcetonúria.3.

COMO TOMAR XILOPAR

Tome XILOPAR sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seu médico oufarmacêutico se tiver dúvidas. O seu médico irá monitorizá-lo durante o tratamento paraverificar a resposta ao mesmo.Tomar este medicamentoA dose habitual é de 1,25 mg (1 comprimido) uma vez ao dia, antes do pequeno-almoçoNão empurre o comprimido através da folha de alumínio.Para retirar o comprimido da embalagem, levante a folha de alumínio e retire cuidadosamenteo comprimido.Coloque o comprimido na língua e deixe que se dissolva. O comprimido dissolver-se-árapidamente (em menos de 10 segundos).Não coma, não beba nem enxague a boca durante 5 minutos após ter tomado o comprimido.Se tomar mais XILOPAR do que deveriaSe tomar mais XILOPAR do que deveria, entre em contacto com o seu médico ou dirija-seimediatamente ao serviço de urgência. Leve consigo a embalagem e este folheto informativo,para que o médico saiba qual o produto que ingeriu.Caso se tenha esquecido de tomar

XILOPAR

Se se esquecer de tomar uma dose de XILOPAR de manhã, tome-a logo que se lembrar nessedia.

Não coma, não beba nem enxague a boca durante 5 minutos após ter tomado o comprimido.Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.Se parar de tomar

XILOPAR

Deve continuar a tomar XILOPAR durante o tempo aconselhado pelo seu médico. Não parede tomar XILOPAR sem falar com o seu médico. Não pare de tomar XILOPAR de repente.Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico oufarmacêutico.4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍ

VEIS

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários, no entantoestes não se manifestam em todas as pessoas.Pare de tomar XILOPAR e informe imediatamente o seu médico, se notar algum dos sintomasseguintes:Dificuldade em respirar ou inchaço da boca ou da garganta. O mesmo se aplica se começar ater uma erupção cutânea grave, comichão ou outras reações cutâneas. Estes podem ser sinaisde uma reação alérgica grave.Pare de tomar XILOPAR e informe imediatamente o seu médico se isto se aplicar a si.Informe imediatamente o seu médico, se notar algum dos sintomas seguintes:Ver, sentir ou ouvir coisas que não existem (alucinações) ou sentir-se confuso – estes efeitossão frequentes e afetam menos de 1 doente em cada 10 doentes tratadosProblemas de saúde mental graves – estes efeitos são pouco frequentes e afetam menos de 1doente em cada 100 doentes tratados

Dor no peito (angina) – este efeito é pouco frequente e afeta menos de 1 doente em cada 100doentes tratados.Fale imediatamente com o seu médico se algum destes casos se aplicar a si.Outros efeitos secundários incluem:Muito frequentes (afetam mais de 1 doente em cada 10 doentes tratados)Inflamação da bocaFrequentes (afetam menos de 1 doente em cada 10 doentes tratados)Úlceras na bocaNariz entupido, inflamação da gargantaSuar mais que o habitualTensão arterial alta ou baixa, batimento cardíaco lentoDores articulares, dores nas costas e cãibras muscularesDificuldade em adormecer, depressão, sentir-se fatigadoSentir-se tonto ou como se estivesse a andar à roda (vertigens)Quedas, desiquilíbrio, tremores, sentir tonturas, dor de cabeçaPrisão de ventre ou diarreia, sentir-se enjoado (náuseas), boca secaExames hepáticos anormais (ver em análises sanguíneas)Movimentos estranhos incluindo incapacidade de controlar os movimentos e movimentoslentos.Pouco frequentes (afetam menos de 1 doente em cada 100 doentes tratados)Sensação de desmaioVisão enevoadaPerda de apetiteFraqueza muscularBatimento cardíaco forte (palpitações), irregular ou rápidoPerda de cabelo, manchas ou erupções cutâneasSonhos estranhos, sentir-se agitado, ansioso ou irritável, alterações de humorTornozelos inchadosInfeções de gargantaDificuldade em urinarPressão arterial baixa ao levantar. Tal pode conduzir a sensação de tonturas e de desmaioNíveis baixos de glóbulos brancos (leucocitopenia) e plaquetas (trombocitopenia) no sangueque o podem tornar mais suscetível a infeções ou para o aparecimento de nódoas negras.Informe o seu médico se sangrar ou fizer nódoas negras com facilidade, ou se tiver comfrequência dor de garganta ou febre.Raros (afetam menos de 1 doente em cada 1000 doentes tratados)Reações cutâneasTambém têm sido relatados os efeitos secundários seguintes com a administração deXILOPAR mas desconhece-se a sua frequência: estar excessivamente interessado ouenvolvido em atividade sexual e dificuldade em urinar.Efeito secundários se tomar XILOPAR juntamente com Levodopa

XILOPAR aumenta o efeito da Levodopa. Isto significa que os efeitos que sente com aLevodopa também podem ser aumentados. O seu médico poderá reduzir-lhe a dose deLevodopa enquanto estiver a tomar XILOPAR.Se tomar XILOPAR com Levodopa também pode notar os seguintes efeitos secundários:Dificuldade em controlar os movimentos. Isto é frequente e afeta menos de 1 doente em cada10 doentes tratados.Sensação de inquietação.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários nãomencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.5.

COMO CONSERVAR XILOPAR

Manter fora da vista e do alcance das crianças.Não conservar acima de 25°C.Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem e na saqueta.Se abrir uma saqueta, entregue ao farmacêutico o medicamento não utilizado três mesesdepois de ter aberto a saqueta.6. OUTRAS INFORMAÇÕ

ES

Qual a composição de

XILOPAR

A substância ativa é o cloridrato de selegilina (1,25 mg)Os outros componentes são gelatina, manitol, aspartamo, aroma de toranja, glicina, ácidocítrico anidro e corante amarelo (óxido de ferro amarelo [E172], hipromelose [E464]) comoingredientes inativos.Qual o aspeto de XILOPAR e conteúdo da embalagemOs comprimidos são redondos, de cor amarela clara, tendo o símbolo “A” gravado em relevonum dos lados.Encontram-se acondicionados num blister de PVCPE/PVdC selado com folha de alumínioacondicionado numa saqueta de papel/PE/folha de alumínio.XILOPAR apresenta-se em embalagens de 10, 30, 60 e 100 comprimidos.Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Cephalon Limited,

1 AlbanyPlace, Hyde Way, Welwyn Garden City,Hertfordshire, AL7 3BT,

UK

Comercializado por:Teva Pharma - Produtos Farmacêuticos, Lda.

Edifício Tejo, Rua Quinta do Pinheiro n.º16-6º2790-143 Carnaxide

FabricanteCatalent UK Swindon Zydis Limited

Frankland Road,

Blagrove,

Swindon,

Wiltshire,

SN5 8RU,

Reino UnidoEste medicamento está autorizado nos Estados Membros da União Europeia com os seguintesnomes:Áustria:

XILOPAR

França:

OTRASEL

Alemanha:

XILOPAR

Portugal:

XILOPAR

Reino Unido:

ZELAPAR

Este folheto foi revisto pela última vez em




DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Demência: Deterioração irreversível e crônica das funções intelectuais de uma pessoa.
  2. Febre: Elevação da temperatura corporal acima de um valor normal, estabelecido entre 36,7ºC e 37ºC, quando medida na boca.
  3. Glaucoma: Aumento da pressão intra-ocular que se manifesta por dor de cabeça, olho vermelho e, se não tratado, pode produzir perda de visão a longo prazo.
  4. Glândula: Estrutura do organismo especializada na produção de substâncias que podem ser lançadas na corrente sangüínea (glândulas endócrinas) ou em uma superfície mucosa ou cutânea (glândulas exócrinas). A saliva, o suor, o muco, são exemplos de produtos de glândulas exócrinas. Os hormônios da tireóide, a insulina e os estrógenos são de secreção endócrina.
  5. Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
  6. Salbutamol: Fármaco padrão para o tratamento da asma. Broncodilatador. Inibidor do trabalho de parto prematuro.
  7. Tala: Instrumento ortopédico utilizado freqüentemente para imobilizar uma articulação ou osso fraturado. Pode ser de gesso ou material plástico.

Síguenos

X