Zetry-Mepha

Para que serve Zetry-Mepha

Recomendações
Recorde-se que antes de tomar este medicamento deverá consultar o seu médico, a informação que lhe disponibilizamos é meramente orientativa e não substitui em nenhuma ocasião a consulta de um médico ou qualquer profissional de saúde.

LEMBRE-SE, NUNCA use esta informação para automedicar-se. A consulta de um médico é imprescindível.



FOLHETO INFORMATIVO

INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Cetirizina Mepha 10 mg Comprimidos Revestidos10 mg, Comprimidos Revestidos porpelículaDicloridrato de CetirizinaEste folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamente.Este medicamento pode ser adquirido sem receita médica. No entanto, é necessário tomarCetirizina Mepha com precaução para obter os devidos resultados.Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.Em caso de agravamento ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico.Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários nãomencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.Neste folheto:1.O que é Cetirizina Mepha e para que é utilizado2.Antes de tomar Cetirizina Mepha3.Como tomar Cetirizina Mepha4.Efeitos secundários possíveis5.Como conservar Cetirizina Mepha6.Outras informações1. O QUE É CETIRIZINA MEPHA E PARA QUE É

UTILIZADO

Este produto está classificado no grupo Farmacoterapêutico 10.1.2 – Medicação antialérgica.Anti-histamínicos. Anti-histamínicos H1 não sedativos.Cetirizina Mepha é utilizado no tratamento sintomático da rinite alérgica sazonal ou perene eda urticária crónica, com diagnóstico médico prévio.2.

ANTES DE TOMAR CETIRIZINA MEPHA

Não tome Cetirizina Mepha- se tem hipersensibilidade (alergia) à substãncia activa, Dicloridrato de cetirizina, a qualqueroutro componente do medicamento ou à hidroxizina;- se for um doente com insuficiência renal grave, que apresente uma depuração da creatininainferior a 10 ml/min.Cetirizina Mepha não deve ser tomado por crianças com idade inferior a 12 anos.Tome especial cuidado com Cetirizina MephaA cetirizina pode influenciar os resultados dos testes cutâneos de alergia, desta forma estestestes devem ser realizados 3 dias após a interrupção do tratamento.

Tomar Cetirizina Mepha com outros medicamentosInforme o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outrosmedicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.Estudos realizados sobre a administração concomitante de cetirizina com pseudoefedrina,cimetidina, cetoconazol, eritromicina, azitromicina, glipizida e diazepam não revelaraminteracções adversas com estas substâncias.A administração de doses múltiplas de teofilina (400 mg diários) e de cetirizina resultou numpequeno decréscimo da eliminação da cetirizina.A administração concomitante de cetirizina com um grupo de antibióticos denominados demacrólidos ou com cetoconazol, não resultou em alterações do electrocardiograma,clinicamente relevantes.Tomar Cetirizina Mepha com alimentos e bebidasEmbora Cetirizina Mepha tenha demonstrado não potenciar os efeitos do álcool, érecomendável não ingerir bebidas alcoólicas durante o tratamento.A ingestão de alimentos não interfere com o efeito de Cetirizina Mepha.Gravidez e aleitamentoConsulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.Tal como acontece com a maioria dos medicamentos, deve ser evitada a utilização dacetirizina durante a gravidez. Não se prevê qualquer efeito prejudicial se o medicamento fortomado, por inadvertência, durante a gravidez, mas o tratamento deve ser imediatamenteinterrompido.A cetirizina está contra-indicada durante o período de aleitamento, uma vez que é excretadano leite materno.Condução de veículos e utilização de máquinasNão foi demonstrada a interacção de Cetirizina Mepha com o sono e a capacidade decondução.Os doentes que pretendam conduzir, desenvolver actividades potencialmente perigosas ouutilizar máquinas, não devem exceder a dose recomendada e devem ter em consideração a suaresposta individual ao medicamento.Em doentes sensíveis, a utilização concomitante com álcool ou com outros depressores doSNC, pode provocar uma redução adicional no estado de alerta e uma diminuição dorendimento.Informações importantes sobre alguns componentes de Cetirizina MephaEste produto contém lactose, que não é adequada para doentes com intolerância à lactose, oucom uma rara intolerância hereditária à galactose, deficiência em lactase de Lapp oumalabsorção de glucose/galactose. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância aalguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.3.

COMO TOMAR CETIRIZINA MEPHA

Tomar Cetirizina Mepha sempre de acordo com as indicações do médico e conforme indicadoa seguir, a não ser que tenha instruções do seu médico em contrário. Fale com o seu médicoou farmacêutico se tiver dúvidas.Deve consultar o seu médico se:- os sintomas da rinite não responderem ao tratamento em 2 a 4 semanas;- os sintomas da rinite forem sugestivos de infecção;- os sintomas da rinite forem sugestivos de asma não diagnosticada ou não controlada.Adultos e crianças com mais de 12 anosNa maioria dos casos é de 10 mg (um comprimido) numa toma única.IdososNão é necessária uma redução da dose, desde que a função renal esteja normal.Doentes com insuficiência renal ou hepáticaPoderá haver necessidade de ajuste da dose de cetirizina.Em doentes pediátricos que sofrem de insuficiência renal, a dose terá de ser ajustada, numabase individual, levando em consideração a depuração renal do doente e o seu peso corporal.Se tomar utilizar mais Cetirizina Mepha do que deveriaOs sintomas observados estão principalmente associados a efeitos a nível do SNC ou a efeitosque possam sugerir um efeito anticolinérgico.Os efeitos adversos reportados após a ingestão de uma quantidade, no mínimo, 5 vezessuperior à dose diária recomendada, são: confusão, diarreia, tontura, fadiga, cefaleia, mal-
estar, midríase, prurido, agitação, sedação, sonolência, letargia, taquicardia, tremor e retençãourinária.Como não existe antídoto específico conhecido para a cetirizina recomenda-se um tratamentosintomático a fim de diminuir os sintomas atrás descritos.A cetirizina não é removida eficazmente por diálise.Caso se tenha esquecido de tomar Cetirizina MephaTome logo que se lembrar. Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que seesqueceu de tomar, nem muito perto da dose seguinte.Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico oufarmacêutico.4. EFEITOS SECUNDÁ

RIOS POSSIVEIS

Como todos os medicamentos, Cetirizina Mepha pode causar efeitos secundários, no entantoestes não se manifestam em todas as pessoas.Os efeitos indesejáveis relatados com maior frequência foram fadiga, tontura, cefaleia, dorabdominal, boca seca, náusea, sonolência (na maioria dos casos, ligeira a moderada) efaringite.

Foram relatados alguns casos isolados de dificuldades de micção, de perturbações deacomodação ocular e de disfunção hepática. A maioria resolveu-se após descontinuação daterapêutica.Nas crianças, os efeitos indesejáveis relatados com maior frequência foram diarreia,sonolência, rinite e fadiga.Experiência pós-comercializaçãoForam relatados casos isolados das seguintes reacções adversas:Sangue e sistema linfático: diminuição do número de plaquetas.Coração: aumento da pulsaçãoOlhos: perturbações da acomodação e visão desfocada.Sistema imunitário: choque anafiláctico e hipersensibilidade.Sistema hepatobiliar: disfunção hepática (transaminases, fosfatase alcalina, ?-GT e bilirrubinaelevadas).Sistema nervoso central: convulsões, alteração do paladar, dormência e síncope.Pele, cabelo e unhas: edema angioneurótico, prurido, erupção eritematosa e urticária.Perturbações renais e urinárias: micção difícil.Aparelho gastrointestinal: diarreia.Perturbações psiquiátricas: agressividade, agitação, confusão, depressão e insónia.Organismo em geral: astenia, mal-estar, aumento de peso e edema.Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários nãomencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.5.

COMO CONSERVAR CETIRIZINA MEPHA

Manter fora do alcance e da vista das crianças.Não utilize Cetirizina Mepha após o prazo de validade impresso no rótulo. O prazo devalidade corresponde ao último dia do mês indicado.Não conservar acima de 25 ºC.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunteao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidasirão ajudar a proteger o ambiente.6. OUTRAS INFORMAÇÕ

ES

Qual a composição de Cetirizina Mepha- A substância activa é o dicloridrato de cetirizina.- Os outros componentes são:Comprimidos (núcleos): amido de milho, amido pré-gelatinizado, estearato de magnésio,lactose monohidratada, povidona.Revestimento: dióxido de titânio (E 171), polietilenoglicol 6000, polimetacrilato básico, talco.Qual o aspecto de Cetirizina Mepha e conteúdo da embalagem

Os comprimidos são acondicionados em blisters de PVC-PVDC/Alumínio.Embalagens com 7 comprimidos revestidos.Titular da Autorização de Introdução no MercadoMepha – Investigação, Desenvolvimento e Fabricação Farmacêutica, LdaLagoas ParkEdifício 5-A, Piso 22740-298 Porto Salvo - PortugalFabricante responsável pela libertação do lote:Sofarimex – Indústria Química e Farmacêutica, Lda.Av. das Indústrias - Alto de Colaride, Agualva2735-213 CacémEste folheto foi aprovado pela última vez em



DEFINIÇÕES MÉDICAS
  1. Bilirrubina: Pigmento amarelo que é produto da degradação da hemoglobina. Quando aumenta no sangue, acima de seus valores normais, pode produzir uma coloração amarelada da pele e mucosas, denominada icterícia. Pode estar aumentado no sangue devido a aumento da produção do mesmo (excesso de degradação de hemoglobina) ou por dificuldade de escoamento normal (p. ex. cálculos biliares, hepatite).
  2. Edema: Acúmulo anormal de líquido nos espaços intercelulares dos tecidos ou em diferentes cavidades corporais (peritôneo, pleura, articulações, etc.).
  3. Faringite: Inflamação da mucosa faríngea em geral de causa bacteriana ou viral. Caracteriza-se por dor, dificuldade para engolir e vermelhidão da mucosa, acompanhada de exsudatos (ver) ou não.
  4. Taquicardia: Aumento da freqüência cardíaca. Pode ser devido a causas fisiológicas (durante o exercício físico ou gravidez) ou por diversas doenças como sepse, hipertireoidismo e anemia. Pode ser assintomática ou provocar palpitações (ver).
  5. Rinite: Inflamação da mucosa nasal, produzida por uma infecção viral ou reação alérgica. Manifesta-se por secreção aquosa e obstrução das fossas nasais.
  6. Urticária: Reação alérgica manifestada na pele como elevações pruriginosas, acompanhadas de vermelhidão da mesma. Pode afetar uma parte ou a totalidade da pele. Em geral é autolimitada e cede em pouco tempo, podendo apresentar períodos de melhora e piora ao longo de vários dias.

Síguenos

X